🌄

O som do Ã

Foster: Olá, olá. Oi pessoal, sejam bem-vindos a mais um episódio do Carioca Connection. Como sempre eu estou aqui com…

Alexia: Alexia.

Foster: Alexia, como você está hoje?

Alexia: Eu estou bem. Cansadinha, mas estou bem?

Foster: Cansadinha?

Alexia: Cansadinha.

Foster: Por que?

Alexia: Bom, muita coisa hoje, né? Levamos o Buddy na creche, voltamos, limpamos a varanda, estamos gravando, almoçamos, limpando a casa. Ou seja…

💡

creche - nursery, daycare varada - balcony

Foster: É, tem muita coisa acontecendo nas nossas vidas, mas quando você fala ‘cansadinha,’ não é cansada, não é cansadaço, é cansadinha.

Alexia: Cansadinha. A little bit tired. Cansadinha.

Foster: Tá bom. Então sobre o que vamos falar hoje?

Alexia: Vamos falar sobre o outro som nasal que muita gente tem dificuldade que nós continuamos com o til, que é o nosso tipo de acento que é aquela ondinha em cima.

💡

ondinha - little wave, ripple

Foster: Ondinha.

Alexia: É.

Foster: Uhun.

Alexia: Aquela onda. E dessa vez a gente vai falar sobre o A com o acento em cima do A. Então é o Ã, é isso.

Foster: Ã.

Alexia: Isso.

Foster: Quer dizer a letra A com a ondazinha...

Alexia: Ondinha.

Foster: Ondinha em cima.

Alexia: Isso.

FosterYes.

Alexia: Então é o Ã.

FosterAn A with a little squiggly line above. E o som é...

Alexia: Ã.

Foster: Que?

Alexia: Ã.

Foster: Ã.

Alexia: Ã

Foster: Ã.

Alexia: Isso.

Foster: Acho que é o mais difícil para mim.

Alexia: Por exemplo, quando você fala alguma coisa e eu não entendo, eu falo, “Ã?” É isso.

Foster: É, mas não é ‘han,’ é ‘ã?’

Alexia: Ã?

Foster: É difícil fazer isolado para mim, mas me dá uns exemplos, por favor.

💡

isolado - isolated

Alexia: Um exemplo seria ‘amanhã.’

Foster: Amanhã.

Alexia: Isso.

Foster: Acho que talvez é o mais comum. E nem pensei nisso, só pensei agora, ‘amanhã’ tem o NH, tem muita coisa pra aprender. Amanhã.

Alexia: Sim. E tem uma música do Chico Buarque que eu esqueci o nome, mas se vocês colocarem no Google assim, ‘amanhã vai ser outro dia.’ É linda, foi feita na época da ditadura no Brasil, na época que o Chico e quase todos os outros artistas brasileiros lutavam contra a ditadura, né? Então tavam exilados ou então tinham que usar outros nomes.

💡

ditadura - dictatorship

Foster: O Chico não foi pra Inglaterra com o Gilberto Gil?

Alexia: Foi com o Gil?

Foster: Foi o Caetano.

Alexia: Acho que foi o Caetano. Caetano com o Gil se não me engano. Enfim, eu acho que o… Enfim, e essa música é 'amanhã vai ser outro dia.’

Foster: Ah é.

Alexia: Amanhã vai ser outro dia.

Foster: Eu conheço essa música.

Alexia: E é ótimo porque é uma frase super fácil de vocês lembrarem e ele dá muita ênfase no ‘amanhã vai ser outro dia.’

💡

ênfase - emphasis

Foster: É. E você precisa manter esse som por um tempo que é difícil.

💡

manter - to maintain

Alexia: Sim.

Foster: Amanhã…

Alexia: E ao invés de falar de falar ‘amanhã,’ pode também falar ‘manhã.’

Foster: Manhã.

Alexia: Então ‘amanhã de manhã,’ ‘tomorrow morning,’ ‘amanhã de manhã.’

Foster: Amanhã de manhã.

Alexia: É.

Foster: Gente, eu acho que eu nunca pensei nisso.

💡

nunca - never

Alexia: Sim.

FosterTomorrow morning. Simples, faz sentido. Amanhã de manhã...

💡

faz sentido - it makes sense

Alexia: Sim.

Foster: Quase impossível, não faz muito sentido, mas é bonito.

💡

bonito - beautiful

Alexia: Ué. ‘Manhã’ é ‘morning.’

Foster: É, eu sei.

Alexia: E ‘amanhã’ é ‘tomorrow.’

Foster: É.

Alexia: Por que que não faz sentido?

Foster: É complicado pra caramba.

Alexia: Então ‘amanhã de manhã.’ Também tem o café…

Alexia: Da manhã.

FosterCafé da manhã.

💡

café da manhã - breakfast

Alexia: Sim, que também é um podcast que nós indicamos.

Foster: É um podcast produzido pelo Spotify.

Alexia: Sim.

Foster: Que é muito bem feito.

Alexia: Sim. E aí também pode ser, eu, a Alexia, sou ‘cidadã’ brasileira e portuguesa.

Foster: É, ‘cidadã’ é a forma feminina da palavra ‘cidadão.’

Alexia: Isso, exatamente. Então o Foster é cidadão americano e eu sou cidadã brasileira e portuguesa.

💡

cidadão - citizen

Foster: Uhun. E por exemplo, uma menina da Alemanha

💡

Alemanha - Germany

Alexia: É alemã.

Foster: Alemã.

Alexia: Sim. Então…

Foster: E um cara da Alemanha seria...

Alexia: Um homem alemão.

Foster: Alemão.

Alexia: Isso.

Foster: E a língua que eles falam lá é...

Alexia: Alemão.

Foster: Também?

Alexia: Sim.

Foster: E se tiver um grupo...

Alexia: De alemães.

Foster: Alemães.

Alexia: Sim.

Foster: Então quer falar sobre o próximo som?

Alexia: Sim.

Foster: ÃE.

Alexia: ÃE.

Foster: Alemães.

AlexiaFinalmente eu posso falar a palavra que eu to tentando colocando desde o princípio, não sei porque, ‘mãe.’

💡

finalmente - finally desde o princípio - from the beginning

Foster: Minha mãe.

Alexia: Mãe.

Foster: Mãe.

Alexia: Sim.

Foster: Mãe, mamãe, mãezinha, mãe. Nossa! Você sabe… Bom, tem uma série que a gente estava assistindo há pouco tempo que se chama Ted Lasso.

Alexia: Uhun.

Foster: Que só passa no Apple TV.

Alexia: Muito boa por sinal.

💡

’Por sinal’ é uma expressão bem comum que pode ser traduzida como ‘by the way.’

Foster: Que eu indico altamente, eu adorei. Mas ele tem uma piada que ele começa a falar uma palavra e daí a palavra vira um som.

💡

eu indico - I recommend

Alexia: Sim.

Foster: Existe um nome fonético pra isso que eu esqueci agora, mas é tipo uma fenômena linguística?

Alexia: Um fenômeno…

Foster: Um fenômeno linguístico.

Alexia: Isso.

Foster: Mas está acontecendo comigo agora. Mãe, mãe… Será que eu estou falando certo?

Alexia: Então você tem algumas formas de falar ‘mãe,’ né? Você tem ‘mamãe.’

Foster: Uhun.

Alexia: E tem ‘mãe.’

Foster: Uhun.

Alexia: Então as pessoas escolhem o que que faz mais sentido. É a mesma coisa do que ‘mommy’ né? E ‘mom.’

Foster: Uhun.

Alexia: É isso.

Foster: É, basicamente. Tem mais palavras que tem esse som de ÃE?

Alexia: De ÃE?

Foster: Uhun.

Alexia: Pães.

Foster: Pães.

Alexia: Isso.

Foster: Que seria mais de um pão.

💡

pão - bread

Alexia: Exato.

Foster: Uhun.

Alexia: Cães.

Foster: Cães.

Alexia: Que é…

FosterVários cachorros.

💡

vários - several, various

Alexia: Então em português brasileiro você pode chamar um cão de ‘cachorro’ ou de ‘cão.’ Ou ‘cachorros’ ou ‘cães.’

Foster: Então a gente tem palavras que tem Ã, ‘alemã,’ ‘cidadã.’ E também coisas com o som ÃE, ‘mãe,’ ‘cães,’ ‘pães.’

Alexia: Sim.

Foster: Mas não é super comum.

Alexia: Comparado com o ‘não’, com ÃO, não.

Foster: Não… Comparado com ‘não,’ não. É, o ÃO é a vogal nasal mais importante.

Alexia: Exato.

Foster: Como já pode ver, a Alexia não para de falar ÃO. Mas vale a pena realmente treinar muito as vogais nasais, porque faz parte da língua portuguesa, não tem como escapar.

💡

treinar - to practice escapar - to escape

💡

Ficaria um pouco mais natural se o Foster tivesse dito ‘como você pode ver, a Alexia não para de falar ÃO.’

Alexia: Não. E eu acho que o que a gente deixou bem claro aqui é que também não existe uma regra e não existe uma forma de aprender isso da melhor forma, digamos assim. Então não adianta vocês tentarem decorar, não adianta vocês tentarem se esforçarem lendo livros de gramática e tentando fazer isso da melhor forma possível. Não, é simplesmente entender como é que o som é feito na sua boca, por onde passa no seu nariz, pela sua respiração e falar da melhor forma possível.

💡

decorar - to memorize nariz - nose respiração - breathing

Foster: É, a fala, a conversa é uma atividade física e realmente requer muito treinamento.

Alexia: Exato.

Foster: Então treina, boa sorte. Então…

Alexia: Então treina, boa sorte. E qualquer coisa, vocês já sabem, alexia@cariocaconnection.com.

Foster: Não!

Alexia: Tchau!

Foster: Tchau.