❤️‍🩹

S05:E04 - Conversando sobre a Pandemia {Parte III}

Listen on:

Alexia: Olá pessoal. Mais um episódio aqui do Carioca Connection e nós estamos continuando a falar sobre o coronavírus, a quarentena, a pandemia. E hoje a gente termina o vocabulário que o Foster tem mais dúvidas, né Foster?

💡

a gente termina - we end, we finish

💡

Nós temos duas formas de dizer 'we' em português. Dizemos 'nós' ou 'a gente,' sendo a última mais informal. É importante ressaltar que a conjugação dos verbos é diferente. Nós estamos bem → We are good A gente está bem → We are good Nós gostamos de café → We like coffee A gente gosta de café → We like coffee Ambas são corretas gramaticalmente: 'Nós' é um pronome pessoal reto e conjuga verbos 1ª pessoa do plural. 'A gente' é uma locução pronominal e conjuga verbos na 3ª pessoa do plural, assim como 'você.'

💡

Também é importante ressaltar que: agente - agent as pessoas - the people, people

Foster: Exatamente. Hoje a pandemia vai acabar.

💡

exatamente - exactly acabar - to end, to finish

Alexia: Pelo menos aqui online no ouvido de vocês no Carioca Connection.

💡

pelo menos - at least ouvido - ear

💡

A palavra 'ouvido' significa 'ear,' mas também é a conjugação do verbo 'ouvir' no particípio. Normalmente usamos a palavra 'orelha' para 'ear' e 'ouvido' para o órgão da audição (dentro da orelha). Meu ouvido está doendo → My ear is hurting Se eu tivesse ouvido, eu teria entendido → If I had listened, I would have understood Tenho dois brincos na orelha → I have two earrings in my ear

Foster: É. E com certeza eu vou ter mais perguntas sobre vocabulário e expressões sobre a pandemia, mas por agora esse vai ser o último.

Alexia: Sim. E pra quem tá chegando agora, pra quem descobriu a gente agora na quinta temporada, saiba que já tem outras quatro temporadas já prontas que você pode voltar e escutar, conhecer um pouquinho mais da gente, um pouquinho mais sobre o Brasil e a cultura carioca também, claro, que eu sou do Rio. E é isso, vamos lá, vamos começar esse episódio, Foster.

💡

chegando - arriving

💡

Há dois verbos em português que significam 'to know.' Esses verbos são 'conhecer' e 'saber.' 'Conhecer' significa estar familiarizado com algo ou alguém (to be acquainted or familiar). 'Saber' significa ter conhecimento sobre algo ou alguém. Eu conheço a Alexia → I know Alexia Eu sei falar 'casa' em inglês → I know how to say 'house' in English Eu conheço essa música → I know this song Eu sei quem é o presidente do Brasil → I know who the president of Brazil is

💡

Duas respostas comuns para a pergunta "Você conhece o Foster?" são: Sim, eu conheço ele → I know him Ah, eu sei quem ele é → I know who he is but, I don't know him personally

Foster: É isso. E só uma coisa rapidinho, Alexia está em Portugal agora, eu estou nos Estados Unidos, e isso quer dizer que a gente está gravando remotamente. E tem muito barulho aqui na casa dos meus pais, também tem obra no apartamento onde a Alexia está.

💡

barulho - noise casa - house obra - constructions, work of art

💡

A palavra 'obra' também pode ser usada em 'obra de arte' ou 'obra-prima.' A obra do prédio está quase completa → The construction of the building is almost complete Minha nova pintura é uma obra de arte → My new painting is a work of art Uma única ideia pode levar à criação de uma obra-prima → A single idea can lead to the creation of a masterpiece

Alexia: Tem um cachorro

💡

conhecer - to know

Foster: Então peço desculpas.

💡

peço desculpas - I apologize

Alexia: Sim, sim. Então Foster, vamos lá. Qual é a sua primeira dúvida de hoje?

Foster: Sim, primeira coisa realmente não é uma dúvida, mas eu acho que a gente ainda não falou sobre a palavra e a ideia de quarentena.

Alexia: Sim.

Foster: Vocês falam quarentena igual?

Alexia: Nós falamos quarentena, sim. Quando a gente tá de quarentena, isso com pandemia ou sem pandemia, quer dizer que você precisa ficar isolado, né? Ficar num lugar só seu, de molho, digamos assim, esperando.

💡

você precisa - you need

Foster: De molho?

Alexia: É, de molho. Quando você coloca uma roupa de molho, isso quer dizer que você tá deixando aquele roupa no sabão e na água pra saírem todas as manchas e você poder ter a roupa nova de novo. Ela tá de molho, tá aguardando.

💡

molho - sauce roupa - clothes sabão - soup água - water

Foster: Ah legal. É tipo, você está preparando um molho, você tem todos os ingredientes. É isso?

Alexia: Ou, na verdade… Por exemplo, "Vou ficar de molho em casa" quer dizer, eu vou ficar em casa esperando pra ver se eu melhoro porque provavelmente eu tô doente, tô sentindo alguma coisa, então vou ficar de molho.

Foster: Entendi, bom saber.

Alexia: Uhun.

Foster: Obrigado. Tá Alexia, você falou algo sobre… eu não lembro exatamente a palavra que você usou, mas quando você está de quarentena, você está sozinho. Como é que fala isso, tipo, isolamento?

Alexia: Você está isolada, exatamente.

Foster: Você está isolado, you are isolated. Okay.

Alexia: Isso. E também eu tô pegando um pouco pra dar exemplos que não sejam só usados pra pandemia. Então, por exemplo, eu tenho plantas em casa e às vezes em uma dessas plantas aparece praga. Uma praga, alguma coisinha, algum bichinho nela.

💡

bichinho - bug

Foster: Sim.

Alexia: Então eu preciso colocar ela isolada, de quarentena, sem estar perto das outras plantas, se não as outras plantas também pegam.

💡

perto - close, near se não - otherwise

Foster: Ótimo. Então duas coisas, primeiramente 'praga' em português pode ser a cidade, né? Praga.

Alexia: Ah, sim.

Foster: Mas também é a palavra pra 'plague.' Então 'praga,' tipo doente de doença… de plantas ou humanos, né?

Alexia: É, exatamente.

Foster: Então tá. Então quando você fala tipo, "Ah, minha planta está isolada," basicamente você está se referindo à distância física.

Alexia: Exatamente. É um isolamento físico, e se a gente fosse colocar pro coronavírus, pra pandemia, seria social, né? Porque você não tá saindo, você não tá vendo pessoas. Então você está ficando em casa isolado socialmente.

💡

seria - it would be

Foster: Eu acho que essa foi a palavra que eu estava procurando. 'Isolamento.'

💡

O Foster deveria ter falado 'essa era a palavra que eu estava procurando.'

Alexia: Isolamento, isso.

Foster: Nossa, é uma palavra difícil pra mim. Isolamento.

💡

difícil - hard

Alexia: É, então por exemplo, até pouco tempo atrás a Inglaterra estava obrigando que os portugueses ficassem 15 dias isolados pra ver se tinha o vírus ou não quando fossem viajar pra lá. Então o que significa esse isolado? Literalmente sem ver ninguém e sem sair do Airbnb, do hotel, da casa, etc.

💡

Inglaterra - England

💡

Quando a Alexia diz 'a Inglaterra estava,' ela pronuncia somente 'tava.' Isso acontece muito frequentemente no português falado, principalmente com o verbo 'estar.' Eu tô bem (estou) → I am good. Você bem? (está) → Are you okay? A gente tava em Portugal (estava) → We were in Portugal Eles tão em casa (estão) → They are at home

Foster: É tipo uma quarentena voluntária, mas não é tão voluntária não.

💡

Nesse caso, a palavra 'tão' significa 'so.' Exemplos com estar (informal) + tão: Eles tão tão cansados (estão) → They are so tired Ela tão bonita hoje (está) → She is so pretty today

Alexia: Não, zero voluntária.

Foster: É meio, tipo, obrigatória.

Alexia: É.

Foster: Ótimo. E isolamento… Meu Deus! Não sei porque essa palavra é tão difícil pra mim. Isolamento.

💡

Meu Deus - My God

Alexia: Mas você sabe que existe uma diferença entre quarentena e isolamento social.

Foster: Essa foi minha pergunta agora. Tipo, isolamento é uma palavra que você usaria, tipo sei lá, você está sozinho, talvez se sentindo um pouco solitário. Pode falar tipo, "Ah, meu sinto um pouco isolado."

Alexia: Pode, não é muito usado, e sinceramente só tá sendo mais usado agora por causa da pandemia. Mas a diferença é: isolamento social significa que você não vai encontrar outras pessoas, tá? Você não vai sair pra uma festa, você não vai pra um restaurante, você não vai encontrar grupo de amigos, mas você pode sair pra fazer exercício ao ar livre, você pode sair pra passear com o seu cão, você pode sair pra ficar ao livre. Quarentena, você não pode sair.

💡

sinceramente - sincerely ao ar livre - outdoors

Foster: Entendi, entendi.

Alexia: Entendeu?

Foster: Então mais uma pergunta que eu tenho. Na verdade, eu sempre tinha dúvidas sobre isso. A diferença entre estar 'sozinho' e 'solitário.' Tipo, eu vou ter que explicar um pouco em inglês, tá?

💡

O Foster deveria ter falado 'eu sempre tive dúvidas sobre isso.' Normalmente, advérbios de tempo como sempre e nunca acompanham verbos conjugados no passado simples. Eu nunca andei de bicicleta → I've never been on a bike Eu sempre gostei de rap → I've always liked rap music Eu nunca quis viajar para o Egito → I've never wanted to travel to Egypt

Alexia: Solitário é um sentimento, e estar sozinho é um ato.

Foster: Yeah. So, I'm curious about the difference between 'to be alone,' like "I'm alone in my room but, I'm not necessarily feeling lonely" and then to say, "I'm lonely." Would you say, "eu estou solitário"? Ou como que você falaria isso?

Alexia: "Eu tô me sentindo sozinha" ou "Eu estou solitária." 'Eu estou me sentindo sozinha' é a forma informal de falar que está solitária, porque é um sentimento. A solidão é um sentimento, certo?

Foster: Uhun.

Alexia: Estar sozinho é um ato. Eu tô sozinha em casa, mas não quer dizer que eu esteja me sentindo solitária. Eu posso estar amando ficar sozinha em casa com um pouco de paz.

💡

amando - loving paz - peace

Foster: Exatamente.

Alexia: Agora, é, se você está se sentindo solitário com cinco pessoas do seu lado, é um sentimento.

💡

do seu lado - by your side

Foster: Então eu posso falar, "Ah, eu estou aqui sozinho em casa." E isso não necessariamente quer dizer que eu estou sentindo mal ou sozinho. Ou também eu posso falar, "Eu estou me sentindo sozinho."

💡

O Foster deveria ter falado 'eu estou me sentindo mal.'

💡

O verbo 'sentir' pode ser usado como verbo reflexivo ou não. Verbos reflexivos são aqueles que expressam ações praticadas sobre a própria pessoa, ou seja, quem faz também recebe a ação. Posso sentir o sol quente na minha pele → I can feel the warm sun on my skin Minha mãe sentiu que eu estava mais quieto do que o normal → My mother sensed I was quieter than usual Não senti muita dor no dentista → I didn't feel much pain at the dentist Eu não estou me sentindo bem → I'm not feeling well Sentir - to feel (sth.), to sense, to suffer Se sentir (reflexivo) - to feel (in a certain way - mood or state of mind)

💡

Pronomes oblíquos átonos que são usados em frases reflexivas: eu → me você, ele, ela → se nós → nos eles → se

Alexia: Aí é o sentimento de solitário.

Foster: Entendi, muito obrigado amor.

Alexia: De nada.

Foster: Tá, voltando pra pandemia, infelizmente. Uma palavra, uma expressão na verdade que eu estou ouvindo muito, muito é… Não sei como falar isso em português, por isso a gente tem você amor. 'Community spread.'

Alexia: Bom, vamos pensar né? O que é que 'community'? É uma 'comunidade,' certo?

Foster: Sim, já sabia disso, sim.

Alexia: E 'spread' é ' espalhar, o que se espalhou.' Então, se espalhou pela comunidade. Então o vírus tem uma propagação comunitária. Então quando ele se propaga, ele se multiplica. De novo, com exemplo de planta, tá? Quando você tem uma planta e você quer propagar, ou seja, você quer fazer mais daquelas plantas, você corta o caule e você, enfim, começa o negócio de propagar. É assim com o vírus, é uma propagação comunitária.

💡

ou seja - that is caule - stalk, stem

Foster: Entendi. Então a frase inteira seria propagação…

Alexia: Propagação comunitária.

Foster: Propagação comunitária. Community propagation.

Alexia: É, mas se a gente quiser falar de uma forma informal é, 'se espalhou pela comunidade, se espalhou pela cidade, pelo grupo de pessoas.'

💡

city - cidade

Foster: É, basicamente que a gente perdeu o controle do vírus.

💡

perdeu - lost

Alexia: É, exatamente.

Foster: Que infelizmente é a situação aqui nos Estados Unidos e também no Brasil agora.

💡

agora - now

Alexia: É, e provavelmente na Coréia do Norte, mas ninguém fala isso também.

💡

provavelmente - probably

Foster: Tá bom. Então duas perguntas pra terminar por hoje. Sobre os testes, os exames para provar se você está com o vírus ou não.

Alexia: Não é 'para provar.' Você pode falar, "Vou fazer o exame para ver se eu estou com o coronavírus ou não." Ou, ao invés de falar 'provar,' que isso daí eu acho que é em espanhol, que você tá confundindo, eu diria 'para comprovar se eu estou com o vírus ou não.'

💡

confundindo - getting confused, misunderstanding comprovar - to prove, to check

Foster: O verbo 'provar' existe em português, né?

Alexia: Sim, but it's like, "Let me try this food."

Foster: É, tipo 'experimentar.'

Alexia: Isso.

Foster: Mas por exemplo, vamos dizer que você foi pra uma festa, sei lá, pra um jantar e dois dias depois você ficou sabendo que uma das pessoas na festa está com coronavírus, então você precisa de um teste. Qual seria o jeito mais natural pra falar isso?

Alexia: "Eu preciso de um teste." Ou "Eu preciso fazer o exame."

Foster: Tá bom, perfeito, fácil.

💡

fácil - easy

Alexia: É isso. Agora fala 'festa' pra mim.

Foster: Festa.

Alexia: Não, você falou, se eu não me engano, 'festa.'

Foster: Sim, eu falei 'festa.'

Alexia: É 'festa,' se você quiser o 's' sem ser carioca, ou 'festa' com o meu 's' carioca.

💡

carioca - from Rio de Janeiro A palavra 'carioca' indica que algo é original do Rio de Janeiro. Chamamos as pessoas que nascem no Rio de Janeiro de Cariocas, mas também temos o feijão carioca, o sotaque carioca, etc.

Foster: Mas eu falei errado?

Alexia: O 'e' é aberto, você estava fazendo com o 'e' fechado.

Foster: Festa.

Alexia: Festa.

Foster: Festa.

Alexia: Isso.

Foster: Nossa, então o som do 'e' é tipo, 'pois é.'

Alexia: Uhun.

Foster: É aberto…

Alexia: Vamos pra festa.

Foster: E daí tem o ditongo com o 'ei,' então é 'ei, feis'... Nossa Senhora! Fala de novo.

Alexia: Mas o ditongo é porque provavelmente eu to com o meu sotaque carioca, né? Então seria 'festa.'

Foster: É, mas fala normalmente.

Alexia: Ou, no meu caso, 'festa.' Festa.

Foster: Festa.

Alexia: Festa.

Foster: Ótimo. Tá, só algumas diferenças entre o sotaque carioca e outros sotaques no Brasil.

💡

sotaque - accent

Alexia: Sim, sim. E uma coisa muito engraçada que aqui quando eu to caminhando com o Buddy, que é o nosso cachorro, ele gosta de falar com toda gente, com todo mundo. E aí, a maioria dos portugueses fala "Ah, ele só quer festinhas, ele só quer festinhas." Ou seja, ele só quer carinho, ele quer que a gente faça uma festa pra ele.

💡

engraçada - funny caminhando - walking carinho - affection

Foster: É, sim. E a gente pode gravar vários episódios sobre o Buddy, nosso cachorrinho, porque eu também tenho muitas dúvidas sobre vocabulário de cachorros, mas última pergunta… Na verdade, é só uma curiosidade. 'Ventilador' é igual em português? Porque pra mim é 'ventilator' o negócio, a máquina que salva vidas, sobretudo na pandemia. Mas 'ventilador' pra mim, em português, é o negócio no teto, né?

💡

cachorrinho - dog negócio - thing teto - ceiling

💡

Apesar do significado da palavra 'negócio' ser 'business,' também a usamos bastante como 'thing, thingy.' Eu gostaria de ter meu próprio negócio algum dia → I would like to have my own business someday Eu esqueci o nome daquele negócio → I forgot the name of that thing Aquele negócio pontudo que médicos usam em cirurgias → That pointy thingy that doctors use in surgeries

Alexia: Ou no chão, né? É o 'ventilador,' é o 'fan.' Sim, é a mesma coisa pros dois. Pode ser o ventilador da casa normal ou o ventilador de hospital.

💡

chão - floor

Foster: Ah, então funciona nos dois casos.

Alexia: É, agora… Eu não sou médica e não sei especificar se teria algum nome específico pro ventilador, entendeu? Tipo, 'ventilador de ar oxigênio para o paciente,' eu não faço ideia. A gente fala que a pessoa tá no ventilador, tá respirando pelos ventiladores.

💡

Também chamamos 'ventilators' de 'respirador mecânico.'

Foster: Sim, claro. E acho que todo mundo já sabe que não somos médicos, e toda coisa que a gente fala aqui no podcast, você precisa ser um pouco suspeito com a gente.

💡

O Foster deveria ter falado 'todas as coisas que a gente fala' ou 'tudo que a gente fala.'

Alexia: É. E na verdade, se tiver médicos e enfermeiras escutando a gente agora, muito obrigada pelo trabalho de vocês. Eu imagino que deva estar sendo uma época muito difícil pra vocês e pra família de vocês, então muito obrigada por todo o trabalho que vocês tem feito.

💡

médicos - doctors enfermeiras - nurses época - time

💡

A tradução de 'time' é 'tempo,' mas também usamos 'época' como 'um período de tempo.' Eu não tenho tempo pra isso → I don't have time for this A primavera é a melhor época para comprar flores → Spring is the best time for buying flowers Após a guerra, teve início uma nova época de paz → After the war, a new era of peace began

Foster: É, falando sério. Porque eu sei o tão difícil que é pros podcasters, então nem posso imaginar pra um médico.

💡

O Foster quis dizer 'o quão difícil é,' o que significa 'how hard it is.' De forma alternativa, ele também poderia dizer 'Porque eu sei como é difícil...'

Alexia: Não, não. Enfermeiros e médicos são os heróis da humanidade, com certeza.

Foster: Ótimo. Então acho que isso é um bom lugar pra terminar hoje, Alexia. Muito obrigado, e no próximo episódio a gente vai continuar tentando melhorar o meu português, respondendo as minhas dúvidas. E eu te vejo no próximo.

💡

melhorar - to improve respondendo - answering

Alexia: Sim. Tchau! Obrigada.