😋

S04:E11 - Padaria e Lanchonete, você sabe a diferença? 😜

Listen on:

Alexia: Oi pessoal, tudo bem? Hoje vamos falar sobre padarias. Muita gente pergunta, muita gente tem dúvida. Qual a diferença entre padaria e lanchonete e eu achei um assunto muito importante para falar. Padaria é uma das coisas que eu mais amo nesse mundo, me dá muito prazer em falar sobre isso e ao mesmo tempo muita nostalgia, porque como vocês sabem eu estou nos Estados Unidos e longe de uma padaria. Então espero que vocês gostem e que dê muita água na boca.

💡

padaria - bakery prazer - pleasure água na boca - mouth-watering

Alexia: Oi Foster.

Foster: Olá, olá. Oi Alexia, tudo bem?

Alexia: Tudo e com você?

Foster: Tudo ótimo, a gente está de volta, de novo, numa semana de descanso, digamos.

💡

descanso - rest

Alexia: Sim, sim. Uma semana de descanso, nesse momento estamos em Waynesville, Carolina do Norte.

Foster: Sim, a gente está, pode falar, numa cabana?

💡

cabana - cabin

Alexia: Sim.

Foster: Basicamente é uma cabana.

Alexia: É uma cabana com uma vista maravilhosa no meio do mato. Estamos muito felizes aqui. Com galinhas, gato, cachorro.

💡

vista maravilhosa - wonderful view meio do mato - in a remote place

💡

Quando estamos em algum lugar remoto, dizemos que estamos “no meio do mato.” Na grande maioria das vezes esse lugar tem bastante mato, “green area,” porque fica longe das cidades

Foster: Sim, selvagens. Então Alexia, hoje você queria falar sobre padaria.

💡

selvagens - wild

Alexia: Sim, eu quero falar principalmente a diferença entre padaria e lanchonete.

Foster: Sim.

Alexia: Você sabe?

Foster: Não. Na verdade foi a primeira pergunta que eu tive pra você.

💡

pergunta - question

💡

Aqui o Foster deveria falar “é a primeira pergunta que eu tenho.”

Alexia: Foi?

Foster: Sim.

Alexia: Que você “teve” ou que você “tem?”

Foster: Que eu tenho, mas que eu já tinha pensado sobre perguntas que eu tenho, sobre padarias, e minha primeira pergunta era, qual é a diferença entre uma padaria e uma lanchonete?

Alexia: “Minha primeira pergunta seria,” porque você não me fez uma pergunta.

Foster: Sim.

Alexia: Então, quando você fala “era”, que dizer que já foi feito, que é uma coisa que aconteceu.

Foster: É, mas foi feito na minha mente.

💡

mente - mind

Alexia: Sim, mas…

Foster: Tendi, tendi. Obrigado amor. Mas então, me explica, qual a diferença?

💡

Na verdade é “entendi,” mas quando falamos rápido acabamos falando “tendi.”

Alexia: Lanchonete vem da palavra “lanches”. Ou seja, lanches são snacks né? São pequenos, pequenas comidas.

Foster: Sim, mas são snacks grandes.

Alexia: É. Então quando você vai numa lanchonete, normalmente você vai encontrar sanduíches, vários tipos, sucos, refrigerante, mate e é isso. Não tem muito mais coisa. Claro que varia de lanchonete pra lanchonete, mas em geral é isso. Padaria é um lugar que você vai encontrar de tudo um pouco, desde o pãozinho da manhã.

💡

sucos - juices refrigerante - soda de tudo um pouco - a little bit of everything

Foster: Uhun

Alexia: Até sanduíches, até salgadinhos, até doces, tudo que vocês possam imaginar. Só que é tudo feito de produção local, ou seja, tudo feito nessa padaria em si. Então, os pães são de lá, o presunto é cortado na hora, o queijo é cortado na hora.

💡

presunto - ham queijo - cheese

Foster: Tendi.

Alexia: O ovo mexido é feito na hora e assim vai.

💡

ovo mexido - scrambled egg

Foster: Tendi, então, duas perguntas Alexia. Primeiro, tem algo que pode achar numa padaria que não pode achar num lanchonete?

💡

'Numa lanchonete,' pois lanchonete é um substantivo feminino.

Alexia: Numa lanchonete?

Foster: Uhun.

Alexia: Sim, pãozinho da manhã.

Foster: É “uma” lanchonete?

Alexia: É “uma” lanchonete.

Foster: Tá, pãozinho.

Alexia: Pãozinho. Pãozinho da manhã.

Foster: Pãozinho da manhã, mais alguma coisa?

Foster: Sim, mas você não quer explicar o que que é esse “pãozinho da manhã” pros brasileiros?

Foster: É, pros brasileiros?

💡

Aqui o Foster ficou com dúvida por causa da ordem das palavras. A Alexia quis dizer, explicar (para os ouvintes) o significado (não só literal, mas sentimental, cultural) do pãozinho da manhã para os brasileiros.

Alexia:  O que significa o pãozinho da manhã para os brasileiros…

Foster: Basicamente todos os dias você vai comprar o seu pãozinho que você vai comer pra café da manhã.

💡

comprar - to buy, to purchase

💡

”Que você vai comer de café da manhã” ou “que você vai comer no café da manhã.”

Alexia: Sim, mas não é um pão que vem numa embalagem, é um pãozinho que saiu da fornalha.

💡

fornalha - oven, furnace

Foster: Sim.

Alexia: Ou seja, que foi feito ali e sai quentinho.

Foster: Normalmente é uma baguette.

Alexia: Normalmente é um, oh meu Deus, é um pão francês.

Foster: Sim, pão francês que pra gente seria um baguette.

Alexia: Não, não é a fina, longa. É a pequenininha gorducha.

💡

fina - slim gorducha - chubby

Foster: Ah, Nossa Senhora! Que complicado hoje. Então qual seria a diferença entre pão francês e um baguete normal típico?

Alexia: Baguette normal é aquela fina, né? Não é fina, mas é a longa, bem grande. E o pão francês é um “pequeno” comparado com a baguete e gordinho assim e com a casca dura, o em torno do pão é mais durinho. Mas enfim, é uma delícia, então você vai lá, compra 4 pãezinhos, vai sair 1 real e 50 (centavos). Você volta pra casa e come um pãozinho fresco da padaria.

💡

casca dura - hard peel or shell

💡

Dizemos “entre aspas” para “air quotes.”

Foster: Sim, é uma delícia.

Alexia: Sim.

Foster: Então amor, porque a gente já está falando sobre símbolos fálicos, digamos, pode pronunciar a palavra “pau” e “pão.”

Alexia: Tá. Pau e pão.

💡

pau - stick pão - bread

Foster: Sim, é tipo o erro mais comum que os brasileiros adoram brincar com os gringos tipo, “ah você quer um pau.” Pau. Que “pau” seria pênis.

Alexia: Isso.

Foster: Né, e “pão” com uma vogal nasal seria pãozinho da manhã.

Alexia: Exatamente. Claro que existe a árvore pau-brasil, que não é nem um pouco ruim de falar, Pau-Brasil. Ou então, eu preciso de, sei lá, um pau pra botar na minha casa, pra... Madeira, sabe? Em relação à isso.

💡

ruim - bad

Foster: É.

Alexia: Tudo depende do contexto, mas você falar a palavra pau normalmente não é legal.

💡

tudo - all, everything

Foster: É, mais um fato interessante, o pau-brasil, o nome Brasil, do país, vem desse pau. É verdade.

Alexia: Tá bom.

Foster: É o que eu li na Wikipedia.

Alexia: Ai meu deus do céu, tá. Então além do pãozinho fresco, né, nós temos os salgadinhos.

Foster: Salgadinhos, salgados. Amo.

Alexia: Que são as coxinhas, bolinhas de queijo, joelho, pão de requeijão, cachorro quente de forno, pastel de forno, enfim.

Foster: Tá, vamos lá Alexia, porque é uma coisa muito muito complicada pra mim. Eu sei que a maioria dos ouvintes, eles vão ter o mesmo problema. Ah tanto faz, numa lanchonete, numa padaria.

Alexia: Qualquer lugar que tenha salgadinhos.

Foster: Exatamente. Então pode explicar pra mim o que é uma coxinha. É difícil né?

Alexia: Coxinha é uma massa, né, que você faz no forno, que dentro da coxinha normalmente tem frango ou carne.

💡

frango - chicken

Foster: Sim.

Alexia: Tá? Mas o brasileiro é tão avançado que já fizeram coxinha de ovos de páscoa, coxinha de doce de leite, então tudo vale dentro da coxinha. Normalmente é de frango ou de carne.

Foster: Sim, eu acho que a coxinha mais normal seria com frango e…

Alexia: Catupiry.

Foster: Catupiry, que é um tipo de queijo cremoso e realmente é uma delícia.

💡

cremoso - creamy

Alexia: Sim, tem coxinha de camarão, é... Enfim, a imaginação é do povo brasileiro, então...

Foster: Eu amo coxinha.

Alexia: Eu também, mas eu prefiro bolinha de queijo.

Foster: Sim. Eu lembro que, acho que cada vez por ano em São Paulo eles fazem tipo, sei lá, um…

💡

O Foster deveria ter dito “uma vez por ano.”

Alexia: Festival da coxinha.

Foster: É um festival de coxinha, mas eles tem o maior, a maior coxinha do mundo, e sempre é tipo, 100kg.

Alexia: Eu não consigo, é muito. Porque gente não parece, mas a coxinha, se você comer no meio da tarde, ela te deixa bem satisfeito assim, é bastante que você come.

💡

gente - people bastante - a lot Muitas pessoas usam “gente” como vocativo para chamar atenção da pessoa que está participando da conversa, só escutando ou lendo. Gente, hoje eu estou com tanto sono que mal consigo trabalhar. Foster, hoje eu estou com tanto sono que mal consigo trabalhar.

💡

Pode ser um pouco confuso porque além de significar “a lot” também pode significar “enough” quando adiciona-se o artigo “o” na frente. Hoje eu comi bastante → Today I ate a lot Hoje eu comi o bastante → Today I ate enough

Foster: Sim.

Alexia: É bom.

Foster: Pesado.

💡

pesado - heavy

Alexia: É, é muito pesado. Assim como o joelho. Joelho é extremamente pesado de comer.

Foster: Tá, pode explicar o que que é joelho?

Alexia: Joelho é um pão, eu não sei como é que se faz joelho, eu sei que toda vez que eu como, eu me sinto assim, eu preciso dormir logo, de tão pesado que é.

💡

logo - soon

Foster: Normalmente é um pão que tem presunto e queijo.

Alexia: Isso.

Foster: E tudo está derretido.

💡

derretido - melted

Alexia: Isso.

Foster: Muito gostoso.

Alexia: Só que o pão é muito massudo, tem muita massa, então por isso que te deixa assim. Pão de requeijão é uma delícia.

Foster: Posso falar uma coisa rapidinho?

Alexia: Pode. Você sabe porque que o nome é joelho?

Foster: É o que eu ia te perguntar agora amor.

Alexia: Porque parece um joelho. É simplesmente isso.

Foster: Nossa. Eu nunca pensei nisso.

💡

nossa - wow A palavra “nossa” significa “our” no feminino do singular, mas também pode significar “wow” dependendo do contexto. Essa expressão vem de “Nossa Senhora” ou “Our lady Mary,” a mãe de Jesus na religião católica. Nossa cama é grande → Our bed is big Nossa! Que cama grande → Wow! What a big bed

Alexia: Sim.

Foster: Cada vez que eu entro numa padaria, numa lanchonete, eu penso “porque será que o nome é joelho?” Mas agora faz sentido.

Alexia: É porque é igual um joelho. Se você olhar para o seu joelho, é igual o pão do joelho.

Foster: Faz sentido, faz sentido.

Alexia: E aí cachorro quente de forno e pastel de forno você conhece e eu acho que já é auto explicativo né?

Foster: Sim, mais fácil.

Alexia: Outras coisas que você também pode encontrar nas padarias são os diferentes sanduíches, então você pode por exemplo ter, é, pão com requeijão né, fazer aquelas torradas de pão com requeijão, pão na chapa...

Foster: Sim.

Alexia: Eu amo pão na chapa, que é simplesmente o pão francês aberto, colocados na chapa pra esquentar.

Foster: Uhun.

Alexia: Com manteiga derretida ou com requeijão derretido. Aí o meu preferido é queijo de minas com requeijão na chapa.

Foster: Hmm, é uma delícia. E só pra clarificar, uma chapa seria tipo, um tipo de grelha, mas é tudo plano.

Alexia: Isso.

Foster: Né, é um skilled.

Alexia: Que aí você fecha.

Foster: Isso.

Alexia: Isso. É, e aí também tem umas padarias que são mais gourmetizadas. Então você pode ir, por exemplo, num Talho Capixaba no Leblon, que é considerado uma padaria, e ter todos os tipos de queijos internacionais, pães, pão com chocolate, geleias, mil…

💡

geleias - jams

Foster: Até tem vinhos.

💡

vinhos - wines

Alexia: É.

Foster: Sobremesas.

💡

sobremesas - desserts

Alexia: Então existe em vários tipos de padarias, a minha preferida era o Garcia e Rodrigues que já fechou há muito tempo no Rio, que era a preferida da minha família, a gente sempre ia lá, mas se eu pudesse dar uma dica, é procurar padaria mais próxima de onde você tá ficando, do seu apartamento, fica amigo de quem faz o pão na chapa, que você sempre vai ter pão na chapa gostoso pra comer com um café, com qualquer coisa.

💡

dica - tip

Foster: Exatamente.

Alexia: Sim.

Foster: E não é uma coisa tão complicada, é só ir lá numa padaria que fica perto de você e você vai ver se é uma padaria boa ou não. Se tem gente lá, provavelmente é boa.

Alexia: Sim. É isso, então eu acho que eu consegui tirar a dúvida entre padaria e lanchonete e fazer as pessoas irem numa padaria né?

Foster: Você me deixou com água na boca.

Alexia: Eu to com fome agora

💡

fome - hunger Nós temos a palavra “faminto” que significa “hungry” mas quase sempre utilizamos a palavra “fome.” I’m hungry → Estou com fome

Foster: Sim, também. Então vamos comer.

Alexia: Vamos.

Foster: Tchau.

Alexia: Tchau.