📟

S04:E10 - As palavras mais difíceis no português 😐

Listen on:

Alexia: Oi pessoal, tudo bem? Hoje vamos ter um episódio muito difícil. Eu fiz uma, como se diz, um grupo de palavras que são as mais difíceis para se falar na língua portuguesa. E hoje eu vou testar o Foster com essas palavras e vamos ver como é que sai. Então é um episódio divertido, mas muito importante porque vamos estar falando bastante sobre os sons. Então é isso, fiquem com o episódio.

💡

difícil - difficult divertido - funny sons - sounds

Alexia: Oi Foster.

Foster: Oi Alexia.

Alexia: Você não está feliz.

Foster: Não estou feliz, eu estou com medo. Eu estou assustado. Eu sei o que vai acontecer hoje. Gente, estamos nos Estados Unidos há quase 3 meses já.

💡

medo - fear assustado - scared

Alexia: Sim, você tá mais.

Foster: Sim, eu 6 meses.

Alexia: É.

Foster: O que quer dizer que eu estou falando muito menos português que o normal e hoje eu vou sofrer, mas por favor minha gente, sofrem comigo.

Alexia: Sofram comigo.

Foster: Viu? Já estamos sofrendo juntos.

Alexia: Bom, vamos começar. Pra uma palavra que é fácil, porque você tem facilidade de falar esse tipo de som. Prognóstico.

💡

prognóstico - prognosis

Foster: Prognóstico.

Alexia: Prognóstico.

Foster: Prognóstico.

Alexia: O “g” no meio da palavra não se pronuncia praticamente, né? Você… É quase um, eu não sei, é quase um som desnecessário, né? Então prognóstico.

💡

desnecessário - not necessary

Foster: Prognóstico.

Alexia: Isso.

Foster:  Tá.

Alexia: Você sabe o que que significa?

Foster: Sim, a gente tem a mesma palavra em inglês.

Alexia: Qual é?

Foster: Prognosis. Yeah.

Alexia: Eu acho, quer dizer…

Foster: Eu acho também, é alguma coisa que indica previsão né?

💡

previsão - prediction, forecast

Alexia: Exatamente, de médico.

Foster: Sim, sim. Prognosis.

Alexia: Isso.

Foster: Sim, e só pra clarificar, você tem uma lista aqui de palavras e você está testando a minha capacidade de pronunciar essas palavras porque são umas das palavras mais difíceis pra pronunciar em português, é isso?

💡

O Foster deveria ter dito '...palavras mais difíceis de pronunciar.'

Alexia: Isso.

Foster: Tá. Também..

Alexia: Muito bem nessa primeira.

💡

primeira - first

Foster: Tá bom, vamos lá. Vamos lá na segunda gente.

💡

segunda - second "Segundo(a)” significa “second” mas também pode significar “Monday.” Nós dizemos “segunda-feira,” mas nos diálogos normalmente deixamos o “feira” de lado e dizemos somente “segunda.” É a segunda vez que chove essa semana → It’s the second time that rains this week Eu vou te visitar (na) segunda → I’ll visit you on Monday

Alexia: Essa é fácil, você sabe. Amanhã.

💡

amanhã - tomorrow

Foster: Amanhã.

Alexia: Isso, agora explica pro pessoal como é que você faz esse “nhã.

Foster: Amanhã. Bom, essa palavra é difícil por várias razões. Primeiramente, você tem várias vogais nasais, né? Não é “amenha” é amanhã, amanhã. Então você tem essa vogal nasal “ã”  “ã” que é difícil pros gringos, né? A gente já gravou um episódio sobre vogais nasais, mas também esse negócio de amanhã “ia” “ia,” então é quase o som do “y” em inglês tipo, “you, me and you.” Amanhã, amanhã.

💡

gringo - foreigner No Brasil usamos “gringo” pra pessoas que sejam de qualquer país fora do Brasil, normalmente países não latinos

Alexia: Amanhã.

Foster: Amanhã.

Alexia: Amanhã de manhã.

Foster: Amanhã de manhã

Alexia: Isso.

Foster: Agora eu estou ficando confuso também. Então, mais uma vez, amanhã.

💡

confuso - confused

Alexia: Amanhã.

Foster: Amanhã.

Alexia: Isso.

Foster: Uhh!

Alexia: As duas primeiras partes são mais abertas do que a última, então amanhã.

Foster: Amanhã.

Alexia: Isso.

Foster: Isso, amanhã.

Alexia: Próxima palavra, lagartixa.

💡

lagartixa - small lizard

Foster: “Lagartix…” Não sei, mas tem alguma coisa na minha cabeça que eu sempre quero falar “lagartice.” Essa palavra existe?

Alexia: Não.

Foster: Eu acho que uma vez eu ouvi você falando “lagartice” e ficou...

Alexia: Eu nunca falei isso.

Foster: Na minha cabeça. Então fala de novo.

Alexia: Lagartixa.

Foster: “Largar...”

Alexia: La.

Foster: Uhun.

Alexia: Gar-ti-xa.

Foster: La-gar-ti-xa.

Alexia: Isso.

Foster: Lagartixa.

Alexia: Lagartixa.

Foster: Lagartixa.

Alexia: Lagartixa.

Foster: Lagartixa.

Alexia: Isso, que que é uma lagartixa?

Foster: É… é aquele animal que não é uma cobra...

💡

cobra - snake

Alexia: É um mini lagarto que mora dentro de casa e come mosquito.

Foster: Sim, que é um... It’s a lizard, a small lizard, a friendly lizard.

Alexia: Adoro eles.

Foster: Sim, que eu acho muito curioso porque Alexia não se dá muito bem com...

Alexia: Répteis.

Foster: Qualquer coisa de insecto.

Alexia: Inseto.

💡

inseto - bug

Foster: Inseto, mas com esse animal aqui...

Alexia: Qual?

Foster: Você pode falar e eu repito.

Alexia: Lagartixa.

Foster: Lagartixa, isso.

Alexia: Isso.

Foster: Uhh! Mas Alexia adora!

Alexia: Eu gosto, porque eles comem mosquito. Eu to feliz com isso.

Foster: É…

Alexia: Bom, próxima palavra, trocadilho.

💡

trocadilho - pun

Foster: Ah meu deus. Tá bom, vou explicar o que que é um “tro…” Um trocadilho.

Alexia: Perfeito.

Foster: É mais ou menos um jogo de palavras.

Alexia: Sim, é uma coisa que quer dizer uma coisa, mas na verdade quer dizer outra coisa.

Foster: Sim, com duplo sentido.

Alexia: Exatamente.

Foster: Então mais uma vez, tro-ca-di-lho.

Alexia: Fala de novo.

Foster: Trocadilho.

Alexia: Perfeito.

Foster: Sim, tem duas coisas que são difíceis pra mim nessa palavra. Primeiramente, o “tr” em português não é igual, não tem nada a ver com o “tr” em inglês. Por exemplo, em inglês, se a gente vai falar, sei lá, a palavra “train”, né? É “txi” “txi”, que não tem nada a ver com “tr” “tr.”

Alexia: Tem a ver com o nosso “th” que é Thiago.

Foster: Exatamente. Exatamente. Então é tro-ca-di-lho.

💡

exatamente - exactly

Alexia: Perfeito. Muito bem.

Foster: Tudo junto, trocadilho.

💡

junto - together

Alexia: Muito bom.

Foster: Sim, e ao final da palavra tem o “lh” que a gente já gravou um episódio sobre esse som, mas ainda é difícil para mim porque é um som que quase não existe em inglês, então é trocadilho, “lho.”

Alexia: Isso. Isso. Trocadilho

Foster: Isso.

Alexia: Próxima palavra, era uma palavra que eu, quando eu era pequena, eu não conseguia falar de jeito nenhum, que é cabeleireiro.

Foster: Ah meu deus. Eu posso falar.

Alexia: Cabeleireiro.

💡

cabeleireiro - hairdresser

Foster: Barbershop.

Alexia: Salão de beleza.

💡

salão de beleza - beauty salon

Foster: Então fala de novo.

Alexia: Cabe-lei-rei-ro.

Foster: Cabe-lei-rei-ro.

Alexia: “Reiro.”

Foster: Não tem o “reiro.”

Alexia: Não “reiro.” Cabeleireiro.

Foster: Então é cabeleireiro.

Alexia: Isso.

Foster: Cabeleireiro.

Alexia: Cabeleireiro.

Foster: Nossa, tem muito “r.” “Cabele…” Cabeleireiro.

Alexia: Quando eu falo rápido e eu não penso na palavra eu falo assim, “Foster, hoje vou no cabeleireiro.”

Foster: Qual seria a diferença?

Alexia: Porque quando você fala devagar, você tá pensando, né? Então seria cabeleireiro. Quando eu falo rápido é cabeleireiro. Não tem o “eiro.”

Foster: Uhun.

Alexia: Cabeleireiro.

Foster: Basicamente tem a palavra cabelo, mas tem “reiro.”

Alexia: Isso.

Foster: Tá, cabeleireiro.

Alexia: Cabeleireiro. Fala rápido que é mais fácil.

Foster: Cabeleireiro.

Alexia: Cabeleireiro.

Foster: Cabeleireiro.

Alexia: Quase.

Foster: Não sei se a gente vai lançar esse episódio.

Alexia: Vamos sim! Próximo, paralelepípedo.

💡

paralelepípedo - cobblestone

Foster: Ah essa palavra eu posso fazer, eu já treinei várias vezes, “parale…” Meu deus! Paralelepípedo.

Alexia: Paralelepípedo.

Foster: Paralelepípedo.

Alexia: “Pípedo.”

Foster: “Pípedo.”

Alexia: “Pípedo.”

Foster: “Pípedo.”

Alexia: Paralelepípedo.

Foster: Paralelepípedo..

Alexia: Okay.

Foster: Uh! Só demorou um pouco pra minha boca ficar mais quente.

Alexia: Você consegue explicar que que são paralelepípedos?

Foster: Sim, são aquelas pedras. Se você pensar numa cidadezinha no Brasil ou na Europa que tem aquelas pedras bonitas. Ou eu posso falar cobblestone. Mais fácil.

Alexia: Mais fácil. Essa próxima palavra é uma que praticamente todos os meus alunos tem dificuldade. Que é, exceção.

💡

exceção - exception

Foster: Exceção.

Alexia: Sim, porque na hora que você lê a palavra, tem o “ex” na frente. Então todos os falantes de inglês vão ler como “ex-ceção.”

Foster: Sim.

Alexia: E não é, é exceção.

Foster: Exceção.

Alexia: Isso, é como se não tivesse o “x” mesmo, você lê direto com o “c.”

Foster: Sim, esse negócio do “x” também a combinação com o “ex” está me dando muito, muito problema ultimamente.

Alexia: Sim, igual com meu problema em inglês. É sempre, é sempre, e nunca vai parar.

Foster: Tá, no próximo episódio a gente vai falar só em inglês sobre todos os problemas da Alexia com inglês.

Alexia: Última palavra que é uma que você tem muita dificuldade, que é borboleta.

💡

borboleta - butterfly

Foster: Borboleta.

Alexia: Borbo-leta.

Foster: Borboleta.

Alexia: Na hora que você tá falando a segunda parte, você tá fazendo “boleta.”

Foster: Mas é “bo.”

Alexia: “Bo.”

Foster: Tá. Borboleta.

Alexia: Borboleta.

Foster: Borboleta.

Alexia: Perfeito.

Foster: Borboleta.

Alexia: Butterfly, borboleta.

Foster: Não pode falar mariposa?

Alexia: Não, mariposa é um outro tipo de objeto voador.

💡

mariposa - moth

Foster: Tá bom. Então eu acho que esse episódio é um bom exemplo sobre as dificuldades que os gringos tem no momento de falar português e, sobretudo, a fonologia da língua portuguesa é tão diferente e é uma coisa que eu vou trabalhar muito pra fazer, sei lá, eu vou tentar melhorar a minha pronúncia, porque é uma coisa que eu estou super interessado na pronúncia, mas eu estou 6 meses sem falar português quase, e eu preciso recuperar isso.

💡

recuperar - to recover

Alexia: E é normal, é normal, é uma questão de hábito. O que eu sempre falo pros meus alunos pra terminar esse episódio, é que se você conseguir falar o som nasal do amanhã, não, desse tipo de palavra e o “LH” você já tem meio caminho andado.

Foster: Não, se você pode falar vogais nasais e o som do “lh” você já fica no top 5% dos gringos no Brasil. Se você fala a palavra trocadilho certo, os brasileiros vão falar “nossa, cara, porra, como você aprendeu português? O seu português é muito bom!”

Alexia: Sim, é exatamente isso. Bom, eu espero que esse episódio tenha sido muito bom pra vocês.

Foster: Não foi bom pra mim.

Alexia: O Foster tá com trauma aqui do lado, mas voltamos no próximo episódio com um assunto mais light, mais leve.

💡

leve - light

Foster: Sim, com menos sofrimento por favor.

💡

sofrimento - suffering

Alexia: Então tá bom, tchau.

Foster: Tchau tchau.