🤑

S04:E05 - Custo de vida no Brasil - Uma breve análise 📊

Listen on:

Foster: Oi, Alexia!

Alexia: Oi, Foster! Bem vindo a mais um episódio do Carioca Connection!

Foster: Sim, Carioca Connection na varanda!

Alexia: Sim, continuamos aqui e resolvemos fazer mais um episódio na varanda por causa da boa qualidade de vida pra gente e pra vocês, porque escutar os passarinhos é a melhor coisa do mundo.

💡

passarinhos - birds or little birds

Foster: Sim, exatamente. E falando sobre qualidade de vida a gente vai falar sobre um assunto que é bem parecido, né?

Alexia: Sim. Na verdade, acho que uma coisa tá ligada à outra, né, hoje em dia.

💡

tá ligada - is connected

Foster: Sim, sim. São inseparáveis, digamos.

💡

inseparáveis - inseparable

Alexia: Sim. E, vamos falar sobre o custo de vida no Brasil.

Foster: Sim, que hoje em dia está ficando muito mais caro morar no Brasil, pelo menos no Rio de Janeiro…

💡

caro - expensive morar - to live

Alexia: Nas grandes cidades…

Foster: Nas grandes cidades. Então, vamos falar um pouco sobre?

Alexia: Vamos! Bom, a maioria dos meus alunos quando eles marcam de viajar pro Brasil, eles sempre me perguntam certas coisas. Então, por exemplo: quanto que custa almoçar e jantar no Rio de Janeiro, no meu caso, né? Quanto que custa pra sair, quanto que custa pra ir ao cinema, quanto que custa fazer compras, quanto que custa andar de metrô, de ônibus, etc.

💡

almoçar - to have lunch jantar - dinner fazer compras - to go shopping Pode parecer um pouco confuso, mas almoço e janta são palavras que usamos de forma diferente do inglês. almoçar → to have lunch almoço → lunch jantar → to have dinner jantar ou janta → dinner (pode ser a mesma palavra que o verbo)

Foster: Ta bom. Pode começar com a comida? Por exemplo, quanto seria, sei lá, um jantar normal no Rio?

Alexia: Pra uma ou duas pessoas?

Foster: Tanto faz.

💡

tanto faz - whatever, it doesn’t matter

Alexia: Eu diria que se você fosse num restaurante normal, sem ser restaurante chique e sem ser boteco, você vai gastar em torno de 120 reais com bebida.

Foster: Tá. Então isso seria mais ou menos 60 reais por pessoa.

Alexia: Não! Tô falando de uma pessoa!

Foster: Ah! Então, nossa!

Alexia: É! Um restaurante…

Foster: Eu tava pensando “caraca, que restaurante é?”

Alexia: ...intermediário. Um restaurante mais abaixo do intermediário, sem ser o boteco, você gastaria isso… Tipo 60 reais…

Foster: É. Boteco é meio tipo pé sujo, é um bar que pode comer também.

💡

boteco - bar In Brazil, the boteco (buteco), or botequim, was traditionally known as a place where alcoholic beverages were sold, serving as a meeting place for "bohemians", who looked for a good drink, cheap snacks and a chat without obligation.

Alexia: Isso.

Foster: Mas, você está falando sobre restaurantes, tipo, você vai sentar em uma mesa, é um restaurante normal.

Alexia: Exatamente.

Foster: Sim. E vai custar, mais ou menos, 120, por aí?

Alexia: Com bebida.

Foster: É. Ta bom. E, obviamente isso pode variar muito. Num boteco ainda comer bem e barato e num restaurante super chique você pode gastar 500 euros.

Alexia: Euros?

Foster: Reais.

Alexia: Ah, tá. É, na verdade, o que a gente tá fazendo aqui é uma generalização, né, porque você consegue encontrar opções boas e não tão caras e opções ruins e caras também.

Foster: Não, não. É somente tipo dando dicas, sei lá se uma pessoa está planejando orçamento pra visitar o Rio, ou qualquer outro… Outra cidade grande no Brasil.

Alexia: É.

Foster: Acho que ajuda.

Alexia: É. Uma coisa que você sempre reclamava era o custo da cerveja.

💡

cerveja - beer

Foster: Da cerveja?

Alexia: É, que uma cerveja normal, uma cerveja nacional, custa um… Oito reais.

Foster: É. De novo depende. Se você está num restaurante cerveja vai ser cara.

Alexia: Sim.

Foster: Que é um saco.

💡

é um saco - it sucks

Alexia: Sim. Uma cerveja artesanal tá na base de vinte reais, mais ou menos.

💡

cerveja artesanal - craft beer

Foster: É, cerveja boa no Rio é muito caro. E isso é a mesma coisa pra São Paulo, qualquer cidade grande no Brasil.

Alexia: Bom, transporte! Metrô: 4 reais e 20.

Foster: Posso falar?

Alexia: Pode.

Foster: Só mais uma coisinha sobre cerveja: sempre pode comprar cerveja e beber cerveja nas ruas e vai ser um pouco mais barato.

Alexia: É só comprar do… Ai Meu Deus! Do… Qual é o nome? Do… Vendedor de rua… Que a gente fala… Do…

Foster: Ambulante?

💡

ambulante - people who are selling something on the streets, without a proper store

Alexia: É, do ambulante! É, é só comprar do ambulante.

Foster: É.

Alexia: Bom, transporte. Metrô: 4 reais e 20.

Foster: É. Você acha caro?

Alexia: Acho.

Foster: Acho muito caro.

Alexia: Eu acho muito caro pela quantidade de linhas que a gente tem.

Foster: É. É o mesmo preço por ônibus também?

Alexia: Ônibus se for com ar condicionado: 4 reais, se for sem ar condicionado: 3 reais e 75 centavos. É ridículo.

Foster: É. Eu acho que dado o serviço é muito caro. Não quer dizer que o serviço não funciona, mas não é…

Alexia: Não funcione.

Foster: Não funcione. Mas, não é o melhor transporte público do mundo. É um pouco caro.

Alexia: Não, é bastante caro. Mas, enfim… Vamos ao próximo! Se você estiver interessado em alugar um apartamento no Centro do Rio de Janeiro, esteja preparado para pagar, mais ou menos, 2.500 reais sem ser mobiliado.

💡

alugar - to rent

Foster: Tá. Você está falando por mês e sem móveis, né? Sem sofá, mesas, essas coisas.

💡

móveis - furniture

Alexia: Sem nada.

Foster: Tá.

Alexia: Isso. Se você quiser alugar um apartamento de três quartos vai pra mais ou menos 4.000 reais, dependendo da zona de onde você está.

Foster: E quando você fala o Centro do Rio de Janeiro, você está falando das zonas… Da Zona Sul mais ou menos, né?

Alexia: Bom…

Foster: Não somente o Centro, Centro.

Alexia: É, tô falando da Zona Sul mais ou menos, exatamente.

Foster: E também se você está alugando por uma temporada mais curta, tipo um mês, você quer um apartamento totalmente mobiliado, não… Como que é?

Alexia: Mobiliado.

💡

mobiliado - furnished

Foster: Fala de novo?

Alexia: Mobiliado.

Foster: Mobiliado. O preço vai subir pra caramba!

💡

pra caramba - too much É uma expressão informal utilizada para intensificar algo, tendo um significado similar à “really” ou “a lot” em inglês, só que muito mais informal. Isso é caro pra caramba → This is really expensive To cansado pra caramba → I’m really tired Hoje choveu pra caramba → It rained a lot today

Alexia: Vai, vai… O preço vai subir e normalmente o condomínio não está dentro desse valor. Então você ainda tem que pagar taxa de condomínio por fora.

💡

condomínio - condo, condominium

Foster: Pode explicar que que é o preço do condimínio? Condomínio.

Alexia: Condomínio é o quanto você paga de taxa por mês para o prédio que você mora. Então, você vai pagar água, você vai pagar o gás, você vai pagar os salários dos porteiros, você vai pagar pela pintura do prédio… Então, por exemplo, no meu caso eu pago 470 reais por mês, por condomínio, pro condomínio…

Foster: Por mês.

Alexia: ...no Rio.

Foster: É, o aluguel no Rio e no Brasil inteiro tem muitas taixas…

Alexia: Taxas.

💡

taxas - fees

Foster: Taxas.

Alexia: Isso.

Foster: Escondidas, digamos. Você não pode esquecer do salário do porteiro, né? Sempre está aí.

Alexia: Não, e você também não pode esquecer do quanto que você ganha por mês.

Foster: É.

Alexia: Porque o quanto você ganha por mês, normalmente, não dá pra pagar isso tudo.

Foster: Sim. Então, a gente tem comida, transporte e aluguel. Você acha que é comparável com outras cidades do Brasil?

Alexia: Sim. Por exemplo: São Paulo, normalmente, é 5% mais barato do que o Rio.

💡

normalmente - normally, usually

Foster: Não, mais caro.

Alexia: Ô, mais caro! Desculpa.

Foster: Sim.

Alexia: 5% mais caro do que o Rio. Só que ao mesmo tempo, São Paulo é maior…

💡

ao mesmo tempo - at the same time

Foster: Sim.

Alexia: Então você tem mais opções de achar apartamento, de achar regiões melhores para você morar, de achar mais coisas, entendeu?

Foster: Sim. Eu acho que tá certo falar que o Rio e São Paulo são mais ou menos iguais, são comparáveis. Talvez São Paulo é um pouco mais caro mas também tem mais opções.

💡

O Foster deveria ter dito 'Talvez São Paulo seja um pouco mais caro…'

Alexia: Sim. Agora já em relação a Curitiba e Belo Horizonte, normalmente, em geral, é 10% mais barato e 40% mais barato com aluguel.

Foster: Sim.

Alexia: É impressionante, né?

Foster: É, é. Realmente a coisa mais cara no Rio e no São Paulo vai ser o apartamento.

💡

O Foster deveria ter dito '...no Rio e em São Paulo...'

Alexia: E comida. Supermercado.

Foster: Apartamento e comida, é.

Alexia: É impressionante! Você pra comprar comida pra uma semana, pra duas pessoas no supermercado, você não vai gastar menos do que 150 reais.

Foster: É, é. Então se você está pensando em visitar o Brasil…

💡

pensando - thinking

Alexia: Esteja preparado!

Foster: Esteja preparado. Mas se você quer visitar por um tempo, um período longo…

Alexia: Período.

Foster: Período longo talvez considere uma cidade menor, né?

Alexia: É, eu consideraria o sul do Brasil. Que eu não conheço e as pessoas dizem que é maravilhoso! Que é um lugar incrível o sul do Brasil.

💡

maravilhoso - wonderful incrível - incredible

Foster: Sim. Mas até BH, você tem todas as coisas que você precisa mas, o aluguel do apartamento vai ser muito mais barato.

Alexia: Pois é.

Foster: Sim.

Alexia: Bom, então, com esse episódio espero que eu tenha tirado algumas dúvidas de vocês. O Foster que tinha dado essa dica porque tinham pessoas perguntando por e-mail também. Então… É ótimo sempre receber esse feedback de vocês e a gente tá podendo propiciar esse tipo de episódio de volta.

💡

propiciar - to provide

Foster: Propiciar! Sempre é bom terminar o episódio com uma palavra chique! Bom, Alexia, até o próximo episódio!

Alexia: Tchau!

Foster: Tchau, tchau!