😎

S04:E03 - Gírias que só os Brasileiros são capazes de criar 😂

Listen on:

Foster: Oi, Alexia! Tudo bem?

Alexia: Oi, Foster! Tudo bem com você?

Foster: Tudo ótimo. Sobre o que ah… Ah, vou espirrar! Acho que tá tudo certo. A gente vai falar sobre o que hoje?

💡

espirrar - to sneeze

Alexia: A gente vai falar sobre um assunto que você não sabe muito, porque você não é muito… Como é que se diz? Apresentado à isso normalmente. Que são as gírias brasileiras que só os brasileiros são capazes de criar. É uma coisa que é da imaginação brasileira totalmente!

💡

apresentado - introduced gírias brasileiras - Brazilian slang

Foster: Tá. Primeiramente eu quero falar que é impossível porque eu sou muito apresentado à todas as coisas da cultura brasileira porque eu moro com você. Mas, qual seria a diferença entre uma gíria, uma gíria normal, e uma gíria que só o brasileiro pode criar?

Alexia: Que normalmente não tem como você traduzir para nenhuma outra língua. Então, mesmo traduzindo, claro que você pode traduzir as palavras, não vai fazer o mesmo sentido. Então, por exemplo: saudade, que é uma palavra na língua portuguesa que não tem tradução, né? É uma coisa que ninguém conseguiu traduzir. É mais ou menos a mesma coisa com essas gírias.

Foster: Ta bom. Ta bom. A gente já gravou, eu acho que vários episódios, acho que na terceira temporada, sobre a palavra saudade.

💡

saudades - a feeling of longing Saudade é uma palavra que só existe na língua portuguesa e tem um significado muito bonito. Temos um episódio inteiro sobre isso: Saudade - O Real Significado da Palavra

Alexia: Sim.

Foster: Se você tiver interessado… Mas vamos lá! Eu estou interessado.

Alexia: Ta bom! Então vamos lá! A primeira, que todo mundo tem que saber é: ranço.

💡

ranço - sentimento de desprezo ou raiva

Foster: Ranço.

Alexia: Isso.

Foster: Ranço começa com R (erre)?

Alexia: Isso.

Foster: Tá… Pode escrever?

Alexia: R, A, N de nariz, Ç, O.

Foster: Nossa! Tá. Ranço quer dizer o que?

Alexia: Você não sabe? Você não é apresentado pras essas gírias?

Foster: Eu sou. Eu sei! Eu tô fazendo isso pros nossos ouvintes, Amor.

Alexia: Até parece! Ranço é um sentimento de desprezo ou raiva. Então por exemplo:

  • Eu tô com um ranço daquela pessoa. (Eu não aguento aquela pessoa.)
  • Eu tô com um ranço enorme de tal situação, também.

Foster: Tá, então, nesse sentido seria mais ou menos raiva.

Alexia: Sim.

Foster: Tipo, não aguento mais essa pessoa.

Alexia: O que leva a uma outra também que eu acabei de lembrar que é pegar bode.

💡

pegar bode - quando você não aguenta mais alguma coisa, ficou de saco cheio Aos queridos ouvintes do Carioca Connection: às vezes, a Alexia se confunde… Bode é o macho da cabra. Ou seja: mesmo animal mas a cabra é fêmea enquanto o bode é macho.

Foster: Pegar bode?

Alexia: Aham.

Foster: Bode seria B, O, D, E?

Alexia: Isso. Bode é um animal, né?

Foster: Qual animal? Nossa Senhora! Vai ser muito complicado hoje!

Alexia: Oh, pegar bode é quando você… Assim… Não aguenta mais alguma coisa também. Então:

  • Ai, peguei bode da Marina ontem, ela ficou falando umas coisas muito nada a ver.

Sabe?

  • Tô com um bode da Marina.

Foster: É, ficou de saco cheio.

Alexia: É. É isso.

Foster: É, mas, bode o animal é qual?

Alexia: É tipo uma cabra.

Foster: Tipo uma cabra?

Alexia: É. É quase a mesma coisa, agora, eu não sei as características de um e de outro pra diferenciar.

Foster: Tá, podemos pesquisar depois sobre como que fala bode em inglês.

Alexia: Então, ranço e pegar bode você já sabe.

Foster: Sim. Os dois é tipo… Pode ser com raiva ou um pouco menos forte tipo estou de saco cheio, não aguento mais.

Alexia: É, é.

  • Ah, Alexia, vamos sair hoje?
  • Ah, eu tô de bode, tipo…

Foster: Estou de bode…

Alexia: Tô de saco cheio, não quero…

Foster: E com ranço você pode falar estou com ranço ou é eu tenho um ranço?

Alexia: Os dois fazem sentido.

Foster: Eu fiquei com ranço?

Alexia: Aham.

Foster: Pode falar…

Alexia: Sim!

Foster: ...os três?

Alexia: Sim!

Foster: Nossa! Então por exemplo eu poderia falar:

  • Nossa, eu estou com ranço de ver política nas notícias.

Alexia: É, a forma mais informal seria:

  • Que ranço dessa politicagem!

Foster: Tá. Vou tentar falar isso… Tipo, que ranço! Nossa Senhora, que ranço! Que ranção!

Alexia: Não! Só que ranço. Não começa a inventar. Próximo: dar PT.

💡

dar pt - quando uma pessoa fica muito bêbada e dá “blackout”

Foster: Dar PT.

Alexia: Esse você sabe.

Foster: Dar PT… Você está… Tem referência à PT?

Alexia: Não.

Foster: Partido?

💡

partido - political party PT (Partido dos Trabalhadores) - a political party in Brazil

Alexia: Não.

Foster: Tá.

Alexia: Perda total.

Foster: Ah, é?

Alexia: É!

Foster: Não sabia, não!

Alexia: Dar PT é quando uma pessoa fica muito bêbada que deu perda total. Então…

Foster: Ah, eu acho que já ouvi…

Alexia: É, tipo…

  • Foster deu PT ontem à noite.

Foster: É.

Alexia: Tipo assim…

Foster: Tipo blackout, né?

Alexia: Nocaute total!

Foster: Ah, vocês falam nocaute?

Alexia: Aham.

Foster: É, eu falei blackout.

Alexia: É, eu falei nocaute. Enfim… Então, PT é sempre nesse sentido, normalmente, é ligado à bebida alcóolica. Então quando você enche muito a cara, quando você bebe muito, fica muito bêbado, sem sentidos: você deu PT.

Foster: Nossa Senhora, Amor! Você está cheio de gíria hoje… Encher a cara também é tipo beber demais?

💡

encher a cara - beber demais

Alexia: Isso.

Foster: É. Tá, pode me dar um exemplo?

Alexia: Eu enchi muito a cara ontem à noite. É isso.

Foster: Não, com dar PT.

Alexia: Ah! É… Nossa, a Bruna encheu, bom… A Bruna… Claro que tem que ser a Bruna!

Foster: Tem que ser a Bruna!

Alexia: É… A Bruna deu PT ontem à noite teve que ir parar no hospital pra tomar glicose na veia.

Foster: Ah, então, dar PT normalmente é uma coisa séria.

Alexia: Sim!

Foster: Não é tipo… Você ficou bêbado mas… Você ficou super, super bêbado até…

Alexia: Amor, perda total: quando existe uma perda total num carro, quando você bate e dá perda total num carro, é isso, o carro não existe mais.

Foster: É.

Alexia: É exatamente com o ser humano.

Foster: É. Mas nossa é complicado porque tem tantas referências na língua portuguesa a PT, né, ao PT.

Alexia: É.

Foster: Partido político.

Alexia: Isso!

Foster: Complicado hoje!

Alexia: Vamos pro próximo?

Foster: Vamos!

Alexia: Sambar na cara das inimigas.

Foster: Sambar na cara dos inimigos.

Alexia: Das inimigas.

Foster: Das inimigas?

Alexia: É!

Foster: Tem que ser inimigas?

Alexia: Normalmente… É uma gíria que também veio da comunidade LGBTQ…

Foster: Uhum.

Alexia: É, comunidade gay, né…

Foster: Sim.

Alexia: Homossexuais, afins e etc, e que você tá arrasando com as inimigas ou seja você tá humilhando as inimigas. Você chegou numa festa, linda, maravilhosa e você tá sambando na cara das inimigas. Entendeu?

💡

arrasando - crushing it

Foster: Tá, mas, é uma frase mais feminina ou pode ser usada com qualquer pessoa?

Alexia: Não, eu diria que é mais feminina. Você falando isso não ia fazer sentido.

Foster: Tá e também você falou a palavra arrasando que também é uma coisa que eu escuto muito, é:

  • Ah, cara você arrasou!

Alexia: Uhum.

Foster: Que é tipo…

Alexia: You rocked!

Foster: É… Crushed it.

Alexia: Tipo isso. É!

Foster: Yeah.

Alexia: Bom, então, essa já foi. Ok?

Foster: Tá. Eu acho que não vai ser uma gíria que eu pessoalmente vou utilizar muito. mas enfim!

Alexia: Mas é bom saber.

Foster: Sempre é bom saber.

Alexia: Essa você com certeza não vai usar, essa próxima: sapão!

Foster: Sapão!

💡

sapão - usado como adjetivo para uma pessoa muito bonita

Alexia: Isso.

Foster: Sapão vem de sapo?

💡

sapo - frog

Alexia: Isso.

Foster: Tá, e o que que quer dizer sapão?

Alexia: Então por exemplo, se alguma amiga minha chegar pra você e falar:

  • Foster, aquele seu amigo é um sapão!

Quer dizer que ele é lindo, maravilhoso, incrível! Por favor apresente ele à essa amiga. Entendeu?

Foster: Sim, muito gato!

Alexia: É! Exatamente.

Foster: Curioso!

Alexia: Que também é uma gíria que vem da comunidade gay. Da comunidade LGBTQ+, plus!

Foster: Tá!

Alexia: Que tem as melhores gírias, então…

Foster: Sim, sim. É interessante que vocês têm uma gíria que seria gata/gato, que quer dizer uma pessoa bonita… Mas também sapão! Que são dois animais diferentes!

💡

gato/gata - usado como adjetivo para uma pessoa muito bonita

Alexia: Sim! É, as pessoas vão se modernizando, né? Então claro que se você falar nossa, ele é muito gato, continua. É uma coisa que nunca vai morrer, eu imagino. Mas, sapão, é algo mais atual. Entendeu?

💡

morrer - to die atual - current

Foster: Sim. Atual quer dizer hoje em dia.

Alexia: É.

Foster: As pessoas tão usando.

Alexia: É.

Foster: Tenho uma pergunta: você está falando isso com as suas amigas?

Alexia: Não!

Foster: Brigado!

Alexia: Ok! A próxima: deu ruim/dar ruim.

💡

deu ruim/dar ruim - quando algo dá errado

Foster: Ah, Amor! É muito fácil! Isso pra mim não é uma gíria que só os brasileiros podem criar. Dar ruim é tipo deu merda.

Alexia: Sim!

Foster: Não deu certo!

Alexia: Sim. Dar ruim:

  • Nossa, deu ruim ontem!

Foster: Sim…

Alexia: Ou seja: algo saiu do planejado. Tipo não deu certo.

Foster: Sim.

Alexia: É.

Foster: Mas pra mim é muito, muito fácil traduzir isso diretamente.

Alexia: Ta bom.

Foster: It went poorly, it went badly last night. Não, eu somente tô dizendo que sapão falando tipo {ENGLISH}, sim não faz sentido nenhum. Mas dar ruim é um pouco mais simples e comum.

Alexia: E tá pistola?

💡

tá pistola - estar bravo com algo

Foster: Tá pistola?

Alexia: Aham. É uma coisa que os meus amigos falam muito.

Foster: É uma palavra só?

Alexia: Não. Tá, estar, tá pistola.

Foster: Pistola é tipo a arma?

Alexia: É.

Foster: Então o que você está falando é: estar, mas está pistola. Então: tá pistola.

Alexia: Uhum.

Foster: Tá pistola! Parece tapioca!

Alexia: Tá pistola é tá bravo. Então por exemplo, Thiago, Renan, Michel, todos eles sempre falam isso.

  • Ih, a Alexia tá pistola hoje!

Foster: Caraca! É, eles são amigos da Alexia só para vocês saberem. Tá pistola. Ah… Na verdade não gostei muito dessa gíria porque parece violento.

Alexia: Engraçado… Assim, quando você escuta eles falando, faz sentido. Eu nunca falei isso na minha vida mas é algo que muita gente tá falando, cada vez mais.

  • Ih, fulano tá pistola! Oh, lá! Todo bravinho!

Foster: Pode repetir essa frase? Um pouco mais devagar?

Alexia: Fulano tá pistola! Olha lá, todo bravinho!

Foster: É uma frase excelente pra aprender o português. Tá, a gente vai analisar rapidinho essa frase. Fala de novo?

Alexia: Eu vou mudar… Fulano…

Foster: Fulano e fulana seria tipo…

Alexia: Alguém!

Foster: ...qualquer pessoa que você não sabe o nome.

Alexia: É. É, então:

  • Fulano tá pistola.

Foster: Tá pistola mas você tá pronunciando tipo como se fosse uma palavra só.

Alexia: Isso. Fulano tá pistola.

Foster: Fulano tá pi… Nossa Senhora!

Alexia: Então:

  • Fulano tá pistola! Olha lá, todo bravinho!

Foster: Todo bravinho! Que seria tipo bravo…

Alexia: Isso.

Foster: ...você está com raiva…

Alexia: Isso.

Foster: ...mas bravinho  é…

💡

bravinho - angry Bravinho é o diminutivo de bravo e nesse caso é usado de uma forma irônica

Alexia: Eu tô sacaneando a pessoa, né?

Foster: É.

Alexia: E olha lá! Thiago tá todo pistola! Tá bravinho! Tô sacaneando, tô ironizando. Tentando diminuir a situação. Entendeu?

Foster: Nossa, Amor! Você chegou na quarta temporada do Carioca Connection correndo! Tá pistola!

Alexia: Bom, essa você deveria saber: shippar.

💡

shippar - é gostar muito de um casal e desejar que eles dêem certo. Nesse caso, você shippa o casal

Foster: Shippar.

Alexia: Você aprendeu essa outro dia.

Foster: Shippar. Ai, caramba! A gente tava falando sobre… Me dá uma dica por favor, Amor!

Alexia: É sempre em relação à casal.

💡

casal - couple

Foster: Casal… Ah, sim! Um casal que está shippando ou muito shippi? Como é que é?

Alexia: Não! Você shippar um casal é você gostar muito de um casal de duas pessoas, juntas, e aí você junta os nomes deles. Ou seja: Brad Pitt e Angelina Jolie - Brangelina.

Foster: É… E a bia, bia… Beyoncé… Não lembro qual seria.

Alexia: Não sei. Bruna Marquezine e Neymar: Brumar. Entendeu?

Foster: Brumar.

Alexia: É, então:

  • Nossa, shippo muito vocês dois!

Foster: Tá.

Alexia: Tô shippando fulano e fulana, entendeu? É você querer muito que um casal dê certo ou você já está shippando algo, entendeu? Ele já existe. E aí você cria os dois nomes juntos. Isso é muito da comunidade do Twitter brasileira.

Foster: Sim. Mas tem que ser pessoas famosas ou pode ser tipo…?

Alexia: Qualquer pessoa.

Foster: Tá.

Alexia: Então, por exemplo, sei lá, Bruna e João Marcos, meus dois amigos que namoram, né:

  • Nossa, shippo muito eles.

Foster: Tipo: você gosta ou você está esperando…

Alexia: Eu quero que eles fiquem juntos ou, no caso, eles já estão juntos, eu gosto deles juntos.

Foster: Mas também pode ser usada de um jeito mais pejorativo? Tipo, você está com inveja?

Alexia: Não.

Foster: Tá.

Alexia: E shippar se escreve S, H,I, P, P, A, R.

Foster: Não faz sentido nenhum! E shippar tem outro sentido?

Alexia: Só isso.

Foster: Nossa Senhora! Ta bom. Mais alguma gíria, Amor?

Alexia: Tem algumas!

Foster: Tá… Eu acho que tá bom pra hoje, já falou várias coisas, eu tenho que pensar muito sobre a minha vida e o meu nível de português.

Alexia: Bom… Eu acho que é sempre bom a gente se manter modernos, certo?

Foster: Exatamente.

Alexia:  E… É isso! Então, bora sambar na cara das inimigas!

💡

sambar na cara das inimigas - arrasar com suas inimigas, com pessoas que tem inveja de você ou te desejam mal

Foster: Exatamente! Tá pistola! Tapioca! Beijo!

💡

tapioca - a starchy substance in the form of hard white grains, obtained from cassava and used in cooking for puddings and other dishes

Alexia: Beijo!