S03:E01 - Copa do Mundo 2018

Listen on:

Transcription

Foster: Let’s start the show and, of course, let’s start season 3 talking about…

Alexia: Copa do Mundo, the World Cup.

Foster: The World Cup. Então chega do inglês! A gente vai falar em português.

💡

chega - enough! This is a very useful phrase if someone is being too insistent. I think a similar translation for Spanish speakers would be ‘basta.’

Alexia: Sim.

Foster: E eu sei que eu vou sofrer muito porque agora a Alexia está aqui nos Estados Unidos então a gente está falando mais inglês do que o normal, digamos.

💡

mais do que o normal - more than normal

💡

digamos - let’s say, so to speak

Alexia: Sim. O que é o normal: quando a gente tá no Brasil você fala mais português, quando eu tô aqui a gente fala mais inglês.

💡

- an abbreviated version of estou - the first person conjugation of the verb estar

Foster: É. Então faz uns meses que não estou falando português todos os dias.

💡

Faz uns meses que não estou falando português todos os dias. It’s been a few months since I have been speaking Portuguese everyday. Quick note: you can also use the structure “há uns meses” to convey the same meaning.

Alexia: Sim. Mas, tudo bem! Esse é um podcast também para ensinar.

Foster: Sim.

Alexia: Então vai ser ótimo que eu vou te corrigir bastante.

💡

Então vai ser ótimo. So it's going to be great! This is such a great phrase to have in your arsenal.

Foster: Para aprender, ensinar, ééé…  Como é que fala entertain?

💡

Como é que fala - How do you say?

Alexia: É, para entreter.

💡

Entreter - to entertain

Foster: Entreter também.

Alexia: Isso.

💡

Isso. - There we go. That’s it.

Foster: Enfim! Copa do Mundo, Alexia!

💡

Enfim - anyways, moving on.

Alexia: Copa do Mundo! Copa do Mundo começou, já tivemos o primeiro jogo do Brasil…

Foster: Sim. Foi empatado né?

💡

empatado - tied

Alexia: Não foi tão bom…É, o resultado não foi tão bom.

Foster: Empatado com a Suíça. Não tão bom… Foi horrível.

Alexia: Não, não foi horrível. Horrível seria um outro sete a um.

💡

sete a um - refers to the 2014 World Cup when Brazil lost 7-1 against Germany.

Foster: Tá, tá. Tá.

Alexia: Mas você também pode…

Foster: Todos nós lembramos daquela noite…

Alexia: É, nem fala. Naquele dia né? Que foi um horror. Daquela semana…

💡

Nem fala - don’t even talk about it.

Foster: Daquele ano!

Alexia: Aquele ano! Aquele tudo! Mas você também pode falar quando “estar empatado” é que o Brasil teve um empate com a Suíça.

Foster: É, foi um empate.

💡

Um empate - a tie, draw

Alexia: Sim!

Foster: Do jogo. É, bom! Gente! Somente para vocês saberem eu não sei muito sobre o futebol. Então a Alexia vai me ensinar algumas coisas, vou fazer perguntas é… Não tão inteligentes, mas… Vamos lá! Alexia! A seleção brasileira…

💡

a seleção brasileira - the Brazilian team.

Alexia: Sim. Que que tem?

💡

Que que tem? What about it?

Foster: Que que tem? Exatamente. Quem que tem? Como você se sente? Porque eu sei que todo mundo está falando que a Alemanha é, quem mais… Espanha e o Brasil são...

Alexia: Os favoritos.

Foster: Os favoritos.

Alexia: É, na verdade a Seleção Brasileira nesta Copa do Mundo ela tá muito melhor do que a última seleção.

💡

ela tá muito melhor - when Alexia is saying “ela” she is referring to the Brazilian team, which is feminine because it is the ‘seleção brasileira.’

Foster: Por que?

Alexia: Principalmente porque mudou o técnico. O técnico é o Tite, né? Se escreve T I T E mas a gente fala “Tchitche”.

💡

O técnico é o Tite, né? Se escreve T I T E mas a gente fala “Tchitche”. Pode ler mais sobre o Tite aqui: Tite Wiki

Foster: Sim, eu estava escutando um outro podcast sobre o World Cup só pra ficar um pouco mais atualizado com o tema, e todo mundo estava falando muito bem sobre o…

💡

só pra ficar um pouco mais atualizado - to get a little more up-to-date

💡

o tema - tema is mascula because it comes from Greek. You see a similar pattern with words like, lema, problema, etc.

Alexia: É, o Tite ele é ótimo, ele foi técnico do Corinthians, que é um time paulista que eu não gosto. Mas ele é muito, muito bom. Muito focado, super profissional. Então eu acho que depois de muito tempo, a seleção brasileira finalmente acertou no técnico então isso pelo menos é uma coisa boa.

💡

Corinthians is one of the most popular teams from São Paulo.

Foster: É. É muito importante o técnico, né?

Alexia: Muito.

Foster: Ele fica lá no campo gritando.

Alexia: É, realmente, ele só faz isso!

💡

Ele só faz isso - That’s the only thing he does!

Foster: Eu não sei o que ele faz!

Alexia: Ele não bota a Seleção pra treinar, ele não faz nada! Ele só fica alí do lado gritando.

💡

Botar - to put or place. In general, the verbs botar and colocar can be used interchangeably, although botar might be a little less formal.

Foster: Tá. Mas, então você tem confiança no seu time.

💡

tem confiança - you are confident. It is much more common to use the verb “ter” rather than directly translating from English and saying “I’m confident.”

Alexia: Sim e não. Eu tava até falando isso outro dia com os meus alunos. É… É uma seleção que ela é ainda muito nova. Por mais que os jogadores já joguem fora, né, na Inglaterra, na Alemanha, na Espanha, coisa parecida…

💡

eu tava até falando isso outro dia - I was even talking about this the other day.

Foster: Sim…

Alexia: São todos muito novos.

💡

são todos muitos novos - they are all very young.

Foster: Sim.

Alexia: Então quando vai pra uma pressão de Copa do Mundo, de defender o Brasil depois do vexame que foi a última Copa do Mundo…

💡

vexame - literally a vexation (yes that word exists), but I would translate this to something along the lines of shame, tragedy, stunning event, etc.

Foster: Sim, sim.

Alexia: É muito complicado.

💡

É muito complicado. As we have pointed out in other shows, the word ‘complicado’ is much more versatile than the English equivalent complicated. ‘Complicado’ can mean anything from complicated, to annoying, confusing, awkward, difficult, etc.

Foster: E só… Alguma coisinha. Quando a Alexia fala que alguém é muito novo, né, quer dizer que ele é novo de idade, né?

Alexia: E de cabeça, de maturidade também.

💡

de cabeça - when Alexia says ‘de cabeça,’ she is referring to the players’ mental state

💡

maturidade - maturity

Foster: Sim. Mas, você fala por exemplo com cachorro que é um filhote tipo: “ah, ainda é novinho!”.

💡

filhote - a puppy

Alexia: É.

Foster: It’s very young.

Alexia: Sim.

Foster: Yeah.

Alexia: Nesse caso tô falando tanto de maturidade quanto de idade, então...

Foster: Sim, sim. É, bom! Então, o primeiro jogo empate com a Suíça, agora a gente tem quem?

Alexia: Costa Rica!

Foster: Costa Rica.

Alexia: Sexta-feira.

Foster: Sexta-feira! E que tal Costa Rica?

Alexia: Eu sinceramente não sei, eu não sei muito sobre a Costa Rica. É… Não é, não seria um dos jogos que eu me preocuparia. Na verdade eu nem taria preocupada Suíça mas aparentemente eu devo me preocupar mais.

💡

não seria um dos jogos que eu me preocuparia - This would not be one of the games I would worry about. Great phrase to train the conditional tense :)

Foster: É.

Alexia: É… O grande… O outro maior problema do time é que todas as esperanças e tudo são colocadas no Neymar. E o Neymar não é o único atacante do time, né…

💡

atacante - striker

Foster: É, você estava falando isso comigo. Sobre o “efeito Neymar”.

Alexia: É.

Foster: O que quer dizer o “efeito Neymar”?

💡

o que quer dizer - What does this (it) mean?

Alexia: Neymar é… Realmente um dos melhores jogadores que o Brasil já teve, né, nesses últimos tempos. Nada se compara a Pelé ou coisa parecida mas, ele é muito bom.

💡

nesses últimos tempos - in modern memory, as of late, recently

💡

nada se compara - nothing compares to (Pelé)

Foster: Não mas, ele está aí com Pelé e os outros grandes jogadores do Brasil tipo… Cristiano Ronaldo…

Alexia: Deixa de ser ridículo! Ele faz essa brincadeira sempre!

💡

Deixa de ser ridículo - Stop being ridiculous!

Foster: Messi…

Alexia: Gente… A Argentina também né, foi um horror o jogo da Argentina.

Foster: Com Islândia?

Alexia: É, foi. A Islândia foi a primeira Copa do Mundo dela e o primeiro gol numa Copa do Mundo. Foi tão legal de ver.

💡

Foi tão legal de ver - It was so cool to see.

Foster: Sim.

Alexia: Eu torço muito pela Islândia também.

💡

Eu torço muito pela Islândia - I am really pulling for Iceland.

💡

torcer - to cheer, pull for (a team, someone)

Foster: Sim, se o Brasil não está fazendo muito bem na Copa eu estou torcendo pra Islândia. Somente porque eu acho muito engraçado.

💡

eu acho muito engraçado - I think it's really funny.

💡

engraçado - funny, strange, curious...

Alexia: Bom, é… Então temos a Costa Rica e eu não sei muito o que esperar. Eu não me preocuparia mas, ao mesmo pode dar um empate, pode ser um a zero para a Costa Rica. Eu não sei, eu tô muito muito sem esperanças na Copa do Mundo. O que é uma coisa boa.

💡

Eu não me preocuparia - I would worry about it.

💡

o que é uma coisa boa - which is a good thing.

Foster: Uma coisa… É uma coisa boa, é, com certeza. Então, Alexia, quer falar um pouco sobre… E a gente tá gravando… Que dia é hoje?

Alexia: Terça.

💡

Terça - Alexia is literally referring to Tuesday (terça-feira), but it is quite common to leave on the ‘feira’ when talking about days.

Foster: Terça. Então, o domingo a gente foi pra uma cervejaria que seria um brewery in English.

💡

uma cervejaria - a brewery

Alexia: Sim.

Foster: É… Para nós encontrar com outros brasileiros.

Alexia: Sim. Fomos nos encontrar com outros brasileiros que fazem parte da comunidade de Asheville.

Foster: Sim.

Alexia: Na Carolina do Norte.

Foster: Foi mó legal!

💡

mó legal - an abbreviation for ‘muito legal,’ much more common in São Paulo.

Alexia: Foi muito divertido! A gente conheceu várias pessoas diferentes, tinha uma americana namorada… Noiva, mulher… Não sei agora. De um dos brasileiros.

Foster: Noiva.

Alexia: Que ela tá querendo começar a aprender português e o Foster ficou dando dicas para ela.

💡

dicas - tips, advice

Foster: É, eu sei que eu sou tão chato às vezes com a linguística. Ela falou tipo: “Não entendo a palavra não. É náu?” E eu falando: “Não, não é não! É uma vogal nasal!”.

💡

uma vogal nasal - a nasal vowel

Alexia: Nasal.

Foster: É mas ela era a única americana, né?

Alexia: Era, não! Era! Era a única americana. A gente também conheceu um outro casal que tinha acabado literalmente de chegar nos Estados Unidos. Literalmente.

Foster & Alexia: Chegaram em Atlanta.

Alexia: É!

Foster: É, mas…

Alexia: E uma dupla muito divertida que foi a Patrícia e a outra que esqueci o nome. Fabi! Que elas chegaram com blusa do Brasil, arco do Brasil, plumas do Brasil!

Foster: Estereótipo do brasileiro. Tipo… Bandeira, tudo!

Alexia: É, é o máximo!

Foster: Gritando! Tipo: “Falta!!! Penalty!!!”. Mas foi ótimo! E eu acho que é uma coisa importante para todos os nossos ouvintes: brasileiros estão por todas as partes do mundo, né?

Alexia: Sim. Se um dia você quiser assistir a um jogo do Brasil na sua cidade ou perto, com certeza você vai encontrar brasileiros lá.

Foster: Tanto faz onde você está morando agora, vai no Facebook e bota tipo…

Alexia & Foster: Brasileiros em…

Foster: … sua cidade. E com certeza vai ter uma festinha com um lugar onde todos os brasileiros vão ver o jogo e você vai conhecer eles. Eles são legais e você vai treinar o seu português.

💡

com certeza - for sure

💡

uma festinha - a little party, a get together

Alexia: Sim, vai ser ótimo. Bom, e o que eu espero da Copa do Mundo, né? Que é uma das perguntas importantes. Eu só espero que o Brasil fique bem. Eu não tô nem esperando chegar na final. Mas que fique bem.

💡

Eu só espero que o Brasil fique bem. I just want Brazil to do well. Great use of the subjunctive tense.

Foster: A única coisa que pode fazer.

Alexia: Que perca justamente e que não tenha uma outra tristeza…

Foster: Que perca justamente nada, que ganhe!

Alexia: Não, porque depois do sete a um, o que eu espero que a gente perca pelo menos de um gol… Uma coisa assim! E outra coisa que eu não gostaria de passar é que por exemplo: nas quartas de final, né…

💡

uma coisa assim! Something like that!

Foster: Sim, sim.

Alexia: … quando você tá quase indo pra final, muitos jogos vão pra pênaltis…

Foster: Sim.

Alexia: … pra serem decididos em pênaltis. Eu não consigo. Eu tenho ataque de pânico, parece que eu vou ter um infarte…

💡

ataque de pânico - panic attack

Foster: Mas isso daí a Seleção Brasileira é bom boa.

Alexia: Não sei! Não sei…

Foster: Pelo menos o Neymar.

Alexia: A gente ganhou de um do Chile, da última vez.

Foster: É. Enfim, a gente vai ver e estamos muitos felizes?

Alexia: Muito felizes.

Foster: Muito felizes. Nossa! O meu português tá sofrendo pra caramba. Pra começar, recomeçar Carioca Connection Season 3. E vamos falar com vocês já já!

Alexia: Sim! E eu gostaria de saber o que vocês gostariam de escutar nessa terceira temporada. Então manda mensagem ou no Facebook ou no nosso Instagram, que é Carioca Connection os dois ou pro nosso e-mail.

Foster: É isso gente! Até a próxima!

Alexia: Até a próxima! Sejam bem-vindos! Welcome back! E vambora!

Foster: Tchau, tchau!

Alexia: Tchau!

Foster: Falou!

💡

Falou is a quite informal (and quite carioca) way of saying, “see you later.”