🐶

S02:E38 - Cachorros

Foster: Olá, Olá! Oi Alexia.

Alexia: Oi Foster. Bom dia, tudo bem?

Foster: Bom dia! Tudo, e você?

Alexia: Bom dia, tudo também.

Foster: Eu não sei se você está escutando, mas tem dois cachorros loucos latindo pra caramba agora.

💡

latindo pra caramba - barking their head's off, barking a lot

Alexia: Porque que eles estão latindo? Eu morro de saudades deles, eu não consigo ficar chateada.

💡

eu morro de saudades deles - I miss them so much não consigo ficar chateada - I can't get mad at them

Foster: É, é difícil ficar chateado com eles. Mas os homens do jardim, que, sei lá o que eles estão fazendo, mas agora estou na casa dos meus pais, e tem umas pessoas que vem pra limpar o jardim, né.

Alexia: Sim, são jardineiros.

💡

jardineiros - gardeners, yard crew

Foster: Sim, sim. Isso. E meus cachorros, é uma guerra.

Alexia: Sonny tá nem aí a Wheezy que fica desesperada e aí o Sonny acompanha ela.

💡

tá nem aí - (Sonny) has no idea what's going on

Foster: Sim, sim. Só pra clarificar, eu tenho dois cachorros. Um golden, um golden retriever, que se chama Sonny, que está nem aí. É pacífico. Ele não gosta de guerra.

Alexia: Ele é da paz.

💡

Ele é da paz - He is peaceful

Foster: Da paz. E a Wheezy que é vira-lata e ela...

💡

vira-lata - a mutt, mix breed

Alexia: Pequenininha, peluda preta, linda.

💡

peluda - hairy

Foster: E ela nasceu pra proteger está casa.

💡

ela nasceu pra proteger está casa - she was born to protect this house

Alexia: Ela é uma típica caçadora. É uma hunter.

Foster: Sim. Então amor, você quer falar sobre cachorros hoje?

Alexia: Sim. Eu quero saber primeiro da sua experiência no Trusted House Sitters, junto com a Maddie, como é que foi?

Foster: Tá bom. Então, você quer explicar o que que é trustedhousesitters.com?

Alexia: Sim. Bom, vou explicar bem resumidamente. Vamos supor que eu tenho uma casa e eu precise viajar, e junto com a casa eu tenho um pet, seja gato, cachorro...

💡

vou explicar bem resumidamente - I'm going to give a quick summary

Foster: Vocês falam “pet” em português?

Alexia: Aham. Um pet, um animal de estimação.

💡

animal de estimação - pet

Foster: Você pode falar “mascota”, não, né?

Alexia: Mascote.

Foster: Mascote.

Alexia: A gente não usa tanto, mas... A gente usa ou pet ou animal de estimação.

Foster: Tá. Pet é mais fácil.

Alexia: Sim. E você precisa de alguém pra ficar durante esses dias que você vai ficar fora. Então, seja dois dias, um mês, seis meses, você coloca essa casa, e todas as necessidades do seu animal de estimação, do seu pet, lá. E você espera as pessoas aplicarem para tomarem conta da sua e casa e do seu pet. Então você vai ter, sei lá, vamos supor cinco pessoas se inscrevendo para tomarem conta, e aí você vê qual é a melhor de acordo com o perfil que você precisa, você faz entrevista por Skype, você conversa com a pessoa antes, tem que ser tudo muito bem organizadinho. O seu custo é com as contas da casa da pessoa que fica lá.E o custo da pessoa que tiver indo é, ou a passagem, né, dependendo de onde você estiver, e comida, enfim, as suas necessidades diárias durante esse período. Só isso, né? Acho que expliquei bem.

💡

vamos supor - let's suppose, let's say as contas da casa - the utilities bills acho que expliquei bem- I think I explained it well

Foster: Sim, sim. Basicamente é um Airbnb, mas pra pessoas que estão viajando, e eles precisam de alguém que cuida dos cachorros, ou gatos também.

Alexia: Gato, papagaio, cobra, tartaruga, tem tudo.

💡

gato - cat papagaio - parrot cobra - snake tartaruga - turtle

Foster: É. Então, eu fiz minha primeira experiência com esta plataforma.

Alexia: Experiência, não é excperiência.

Foster: Experiência. Alexia está enchendo o meu saco porque ela quer que eu fale carioquês.

💡

está enchendo o meu saco - she is on my case, giving me a lot of grief.

Alexia: Não. Mas você não tá falando nem português desse jeito.

Foster: Brigado amor.

Alexia: Experiência.

Foster: Experiência.

Alexia: Isso.

Foster: Isso. Que que eu estava falando? Ah, que eu fiz minha primeira experiência, que que é amor?

Alexia: É porque você fica tão chateado quando eu te corrijo, só que eu preciso te corrigir.

Foster: É legal. Mas às vezes é, é muito cedo e você fica muito firme comigo, sei lá.

Alexia: Tá, vamos lá. E você teve sua primeira experiência...

Foster: Sim. Então, eu fiquei numa cidade que fica tipo, uma hora da minha cidade natal. Então, eu dirigi de carro uma hora, eu fiquei num apartamento super moderno, numa ciudade que eu amo. Cidade, nossa. Gente, eu estava falando espanhol o dia inteiro ontem, então meu português vai ser uma merda.

💡

minha cidade natal - my hometown.

Alexia: Vai ser horrível.

💡

Vai ser horrível - It's going to be awful

Foster: É, palavrão já saiu no Carioca connection. Então... já foi.

💡

palavrão - curse words, cuss words, swear words

Alexia: Eu fico às vezes com medo que a gente não sabe a faixa etária que as pessoas, a faixa etária das pessoas que estão escutando a gente, então...

💡

eu fico às vezes com medo - Sometimes I get scared a faixa etária - the age range

Foster: Eu duvido que a gente tenha muitos adolescentes escutando a gente, mas é, quem sabe. Desculpa, teenagers, enfim. Bom, eu fiquei uma semana com um cachorro no apartamento que eu não conheço, não conheci as pessoas, mas o cachorro foi um amor. Ele se chama Maddie, que é um Schnauzer e eu fiquei lá tipo...

Alexia: É uma cadela, na real, né.

💡

uma cadela - a female dog

Foster: Que que é uma cadela?

Alexia: É fêmea do cachorro.

Foster: Ah, sim, sim. Tipo, foi só isso. Eu fiquei de graça eles me pagaram um pouco, mas realmente não fazia parte do negócio.

💡

eu fiquei de graça - I stayed for free

Alexia: Foi opção deles.

Foster: Sim, sim. Mas praticamente foi um lugar pra ficar de graça, que vem com cachorro. É ótimo. Adorei.

Alexia: É ótimo. E a gente vai fazer isso em jun.. Maio, junho, né. Um mês com dois filhotes de bulldog francês.

💡

filhotes - puppies

Foster: Sim, a gente vai passar um mês inteiro nas montanhas, gravando podcast com dois puppies bulldog de 6 meses. Alexia está dançando agora.

Alexia: Dançando.

Foster: Sim. Tá animada?

💡

Tá animada? - Are you excited

Alexia: Sim! To muito animada. E é muito legal, porque, enfim, eu perdi o meu cachorro ano passado, né, então eu morro de saudades de ter um companheirozinho perto de mim, e vai ser ótimo.

💡

companheirozinho - a little friend, companion

Foster: Sim. Realmente, pra pessoas como a gente, que a gente viaja muito e a gente trabalha de casa, e a gente ama cachorros, então é a solução perfeita. Que a gente tem casa sem pagar aluguel a gente tem cachorros sem colocar um cachorro num avião, parece tudo certo, né?

💡

aluguel - the rent

Alexia: Sim. Um dia, eu vou ainda querer ir pra um lugar onde tenha que tomar conta de cavalo. Que cavalo é meu segundo animal mais preferido, do mundo. Então, um dia.

💡

tomar conta de - to take care of (something or someone)

Foster: É. E tem bastante no site, com cavalo, com vários animais... Vou espirrar.

Alexia: Sim. Saúde!

Foster: Fiz isso no episódio porque acho importante. Quando alguém espirra em português, você fala “Saúde!”.

💡

saúde - bless you! (when responding to a sneeze)

Alexia: Isso, exatamente.

Foster: Enfim, é...

Alexia: Bom, aí a gente entra na história que, por exemplo, na hora de eu me despedir dos filhotes, porque eu já estou me preparando emocionalmente, não vai ser fácil.

💡

na hora de eu me despedir de - when I have to say goodbye to (someone)

Foster: É, só pra vocês saberem a Alexia estava chorando se despedindo da Maddie, da cachorra que eu estava...

💡

só pra você saberem - just so you all know

Alexia: Eu não chorei, eu tava triste, mas eu não chorei.

Foster: Ela estava chorando um pouco, sobre um cachorro que ela nem conheceu, só com o fato que eu estava me despedindo da Maddie. Ela ficou tão triste.

Alexia: Amor, eu nunca vou esquecer... Eu saindo da sua casa, o último dia dessa última vez que eu fui pros Estados Unidos, e o Sonny tava vindo atrás, achando que a gente ia passear de carro, lembra? Eu juro... Olha só, eu to emocionada só de lembrar.

💡

eu nunca vou esquecer - I'm never going to forget eu tô emocionada só de lembrar - I'm getting emotional just thinking about it

Foster: Bom, eu queria falar sobre cachorros hoje, como um podcast divertido, mas...

Alexia: Mas eu vou falar, olha só. Eu tinha...

Foster: Eu acho que todos nossos ouvintes vai achar que você é muito, muito, tipo, uma pessoa emocional.

Alexia: Pior que eu não sou, eu sou o oposto disso. O problema é que esse é um assunto, cachorro, é um assunto muito sério pra mim, de todas as formas. Então, então acaba sendo um mix de emoções. Por exemplo, o Ket, Ketchup, o meu cachorro, né, ele era, é muito difícil falar no passado, ele era um Daschund, um salsichinha, que é como a gente chama. E o Foster nunca tinha tido experiência com o salsichinha até janeiro. Tipo, ele conhecia o Ket, mas o Ket já tava muito velhinho, então não era mais o normal dele, né, o natural dele. E aí o Ket, o Ket... O Foster conheceu o Tommy, que era um salsichinha de um ano de idade, ele falou “Meu Deus, eles são assim!?”.

💡

eu sou o oposto disso - I'm the opposite of this

Foster: Eles são caçadores.

Alexia: São impossíveis.

Foster: São impossíveis, mas muito legais. Eu amei.

Alexia: Sim. E eu penso muito no meu próximo cachorro, daqui a uns anos, ser adotado. E não ser nenhum de raça.

💡

adotado - adopted

Foster: Por que? Porque é uma coisa que a gente discuta quase todos os dias.

Alexia: Discute.

Foster: Discute.

Alexia: Bom, eu acho que tem muitos cachorros nos abrigos, né. E nos Estados Unidos por exemplo, tem o corredor da morte, digamos assim, que são cachorros que ninguém quer, por vários motivos. E eu acho que não faz mal salvar um e dar a ele uma vida merecedora, sabe, que ele possa dormir num lugar confortável, ter donos que amem, que a gente ame, e enfim.

💡

abrigos - shelters não faz mal - it does no harm.

Foster: Sim, sim.

Alexia: Porque ele já tem oito anos de idade não quer dizer que ele não merece ir pra uma casa.

Foster: Obviamente, eu concordo com isso, mas eu acho que você é um pouco mais radical. A ideia de comprar, de pagar dinheiro para um cachorro, pra você não...

Alexia: Eu não gosto. Eu acho muito estranho, porque assim eu entendo, não sou contra canil né, eu não sou contra criadores de raça. Eu acho que sendo feito de uma forma correta, eu acho super ok, porque é o trabalho das pessoas, e eles vivem pra aquilo. Eles ganham prêmios pra aquilo. Então eu acho natural. Agora, eu sinceramente...

💡

porque assim - here's the thing canil - kennel criadores de raça - breeders

Foster: Mudou de ideia, um pouco.

💡

Mudou de ideia, um pouco - You changed your mind a little bit

Alexia: Talvez. Talvez eu tenha amadurecido um pouco mais a minha ideia. Mas eu acho que, mas eu acho que essa necessidade de todas as pessoas terem um cachorro de raça, enquanto tem um bando de cachorro precisando de casa, me incomoda um pouco. Então, se eu puder adotar um, eu gostaria de fazer isso. Assim como eu penso sobre criança também. Então, é isso.

💡

Talvez eu tenha amadurecido um pouco mais a minha ideia - Perhaps I've matured a little bit in my way of thinking

Foster: É, eu ia falar a mesma coisa que se você pensar desse jeito, basicamente a ideia de, a ideia de ter um filho próprio, seu, é difícil, né. Porque tem tantos, tantas crianças no mundo que precisam de ajuda.

💡

eu ia falar a mesma coisa - I was going to say the same thing

Alexia: Sim. Bom, eu, um dia, gostaria de adotar uma criança também. Então...

Foster: Calma, Alexia. Cachorros.

Alexia: Para!

Foster: Cachorros hoje.

Alexia: Mas enfim. Então eu acho que é importante você ter consciência, que se você puder adotar um cachorro, se você não liga muito pra raça. Porque por exemplo, tem famílias que só tem um tipo de raça durante a vida inteira, como é a família do João Marcos, que é o meu amigo. Eles praticamente só tiveram boxers, a vida inteira. Mas a gente não tem essa necessidade. Então, por que não adotar?

💡

é importante você ter consciência - it's important that you are mindful of, conscious of

Foster: É, eu concordo, concordo.

Alexia: Eu adoraria ter... Qual o nome daquele cachorro pequenininho? Que a gente adora.

Foster: Jack Russel.

Alexia: Aham. Eu amo Jack Russel.

Foster: Jack Russel Terrier.

Alexia: Aham.

Foster: Bom, gente, antes de ficar sentimental demais, eu acho que a gente podia falar horas sobre os cachorros, mas por agora você tem mais alguma coisa pra dizer?

Alexia: Bom, se alguém tiver sem fazer nada nesse momento, eu sugiro ver os vídeos no Instagram de cachorros, que é a melhor coisa que existe.

Foster: Tá, eu tenho outra recomendação, que não é ficar no Instagram, mas talvez dar uma olhada no trustedhousesitters.com, que é uma plataforma ótima para – plataforma é masculino ou feminino?

Alexia: Uma plataforma.

Foster: Uma plataforma. Sim, é muito legal se você está querendo viajar e também você está com saudades ou você ama cachorros, como a gente.

Alexia: Sim, exatamente. É helping pet lovers travel.

Foster: Exactly. Mais alguma coisa, Alexia?

Alexia: Não, só isso.

Foster: Ótimo! Então a gente se fala j.. logo. Eu ia falar Muy pronto.

Alexia: Tá bom amor. Então até já pessoal, e estamos acabando com a temporada.

Foster: Oba! Bom, tchau, tchau!

Alexia: Tchau!