🩴

S02:E08 - Paraty: A gem of Rio de Janeiro

Foster: E aí, Alexia! Tudo bom?

Alexia: Tranquilo, e você?

💡

'Tranquilo' is another way to say, "good, chill, relaxed" etc. If you need some more help with nice little introductions and ways to have small talk in Portuguese, check out S02:E07.

Foster: Tranquilo! Tranquilaço! Tudo de bom aqui! Então, Alexia, eu queria falar sobre um das minhas cidades prediletas, favoritas, uma cidade que eu adoro que é Paraty.

💡

tranquilaço - just like you can add the suffix " ão," you can also add "aço" to the end of words to give more emphasis and make something bigger and better. So in this case, tranquilaço doesn't just mean I am doing well, but I am super relaxed and life is good :)

Alexia: Eu também! Eu sou apaixonada por Paraty!

Foster: Tá, antes do que a gente fala sobre o porque que adoramos essa cidade pode me contar um pouco sobre como que é, pode contar sei lá da História…

Alexia: Paraty foi uma das primeiras cidades é… Que a Família Real Portuguesa construiu. Então foi construída no século 17 e 18, a primeira igreja foi de 1722 então é uma cidade super histórica, super antiga, onde a Família Real Portuguesa gostava de ter a casa de praia, digamos assim.

💡

a Família Real Portuguesa - the Portuguese Royal family

Foster: Sim, sim. Little summer getaway home!

Alexia: E realmente foi uma bela escolha!

💡

uma bela escolha - a wonderful choice

Foster: Então só para vocês tiverem uma imagem…?

Alexia: Só para vocês terem uma imagem.

Foster: Terem uma imagem, é tipo uma cidade histórcia que tem... Ah, como é que fala? Paralelepípedo!

💡

paralelepípedo - cobblestone No matter how good your Portuguese is, Brazilians will always try to put you to the test with this tongue twister.

Alexia: Paralelepípedos!

Foster: Paralelepípedos que seriam coblestones street. Mas é uma cidade mágica!

Alexia: É uma cidade cheia de pedrinhas portuguesas, nada é asfaltado no centro histórico e os casarões antigos foram mantidos, tá tudo em ordem.

💡

nada é asfaltado - nothing is paved

Foster: Sim, sim! É uma cidade turística.

Alexia: Sim e também de muita... Muita produção de cachaça.

💡

'Cachaça' is more or less the national alcohol of Brazil. It is a rum made of sugar cane and not for the faint of heart.

Foster: Sim, sim! De cachaça e também de qualquer coisa artesanal, né?

Alexia: Sim.

Foster: Sim mas, é uma cidade turística mas não é tão… não é o Rio, por exemplo. Eu acho que tem mais turistas do Brasil mesmo.

Alexia: É, como é uma cidade que fica muito perto de São Paulo, é muito fácil para os paulistas pegarem o carro e irem pra… Pra Paraty.

Foster: Sim.

Alexia: Então, claro que tem gente de fora que vai, tem muito turista estrangeiro, digamos assim, que vai mas, é uma cidade que demora 4 horas e meia pra chegar do Rio.

Foster: Sim.

Alexia: Então não é de fácil acesso assim. Demora bastante tempo.

Foster: É, a Alexia reclama um pouco mas para mim é só pegar um ônibus, pode pegar com uma empresa que se chama Costa Verde.

💡

reclamar - to complain

Alexia: Isso.

Foster: Que é bem barata, que é como, não sei, 30 dólares talvez. Talvez menos… E é um ônibus, é tipo um greyhound bus, tem tudo, tem ar condicionado…

Alexia: Não, tem tudo! Você vai super confortável!

Foster: Sim.

Alexia: É só que eu acho que dentro de mim eu adoraria que Paraty fosse um pouco mais perto para ir mais vezes.

Foster: É mas no Estado do Rio ele demora 4 horas para chegar no trabalho então vamos pra Paraty! Nossa! Mas, Alexia, o que tem para fazer em Paraty?

Alexia: Bom, Paraty - Centro Histórico tem todas as lojinhas, tem museus, se você for em época da Bienal do Livro, você vai poder aproveitar o evento e tudo que tem em volta, tem restaurantes maravilhosos.

Foster: Sim, sim! Você lembra dos nomes…?

Alexia: Não…

Foster: A gente vai incluir nos show notes.

Alexia: Infelizmente não.

Foster: Ah, e também a gente pode colocar…

Alexia: O Walter!

Foster: É, o link para o Walter que tem várias casas…

Alexia: Do AirBnb.

Foster: Que é do AirBnb. Que é um amor!

Alexia: A gente adorou o Walter!

Foster: Sim, ele é muito, muito legal!

Alexia: Bom, e Paraty você pode fazer tudo à pé. Então você não precisa de carro, você consegue conhecer toda a cidade à pé, não vai ter nenhum problema.

Foster: Sim.

Alexia: Em volta da cidade é quem tem as cachoeiras

💡

cachoeiras - waterfalls

Foster: Sim!

Alexia: E as praias. E aí você precisa de carro. Mas não necessariamente o seu. Você pode contratar um guia turístico ou você pode fazer uma coisa mais radical.

Foster: É mas também a gente não usava carro, a gente sempre usava ônibus.

Alexia: Pra ir para as praias para ir para a cachoeira não tem essa opção.

Foster: Sim, tem! Tem. Mas, em volta tem tudo, tudo e eu acho que tem tanto que a gente deve dar um episódio só para as coisas em volta.

Alexia: Os arredores de Paraty.

💡

os arredores de Paraty - the surrounding areas of Paraty

Foster: Sim! Trindade, Praia do Sono ééé… Que mais?

Alexia: Você pode colocar a Ilha Grande também nessa história porque fica mais ou menos perto mas você consegue ir também. Saco de Mamanguá!

Foster: Ah, sim sim! A cachoeira onde pode escorrer?

Alexia: Eu não sei o nome. Mas, escorregar!

Foster: Escorregar!

💡

escorregar - to slide

Alexia: É!

Foster: Sim! É, mas bom! No centro tem muita, muita coisa só para vocês terem uma ideia, o meu amigo Zack…

Alexia: Primeira vez na América do Sul!

💡

primeira vez na América do Sul - first time in South America

Foster: Primeira vez que ele foi para um país, digamos, um país um pouco mais…

Alexia: Primeira vez na América do Sul, por que que você não fica com isso? Ao invés de falar que somos de terceiro mundo.

Foster: É, foi a primeira vez que ele foi para um lugar que não fosse a Europa e ele falou que Paraty foi a cidade mais legal que ele já visitou na vida!

Alexia: Sim!

Foster: Então, só para vocês terem uma ideia que vale a pena visitar.

Alexia: É! E uma coisa muito boa porque obviamente a cidade está acostumada com turistas então, vão te receber super bem.

Foster: Sim, sim! Todo mundo fala inglês. Todo mundo não mas, eles sabem como tratar turistas e finalmente queria falar uma coisa sobre os doces que eles têm na rua.

Alexia: Cocada, brigadeiro, pudim, arroz, arroz doce...

💡

All examples of delicious Brazilian sweets that you can try on the streets of Paraty. 

Foster: Sim, tem tipo meninos na rua com carrinhos que tem todos os doces brasileiros que pode imaginar e são uma delícia, gente!

Alexia: É uma delícia mesmo!

💡

é uma delícia - it is truly a delight

Foster: Tem que provar!

💡

tem que provar - you gotta try it

Alexia: Sim! Bom, é um lugar para relaxar. Não é um lugar que você vai ter muita coisa para fazer. Dá para você aproveitar a gastronomia e andar.

💡

é um lugar para relaxar - it is a place to relax

Foster: Sim. É um lugar cultural.

Alexia: Sim.

Foster: A última vez que a gente estava lá tinha a Feria Nacional de Livros?

Alexia: Feira. É, a Bienal de Livros que eu falei.

Foster: Sim, agora estou falando em espanhol que quer dizer: final do episódio!

Alexia: Então é isso! Um pouquinho sobre Paraty, como vocês devem ir quando forem ao Brasil, e a gente fala um pouco mais sobre os arredores num próximo episódio.

Foster: Beleza! Brigado! Alexia, mais alguma coisa?

Alexia: Só isso!

Foster: Tá, abraço! Tchau!

Alexia: Tchau!