🌄

E02:E10 - Trindade, Rio de Janeiro (part III of the Party Series)

Foster: Oi, oi Alexia! Tudo bom?

Alexia: Tudo, e com você?

Foster: Tranquilo, tranquilaço. Como a gente fala no Trindade, tranquilaço meu irmão.

💡

As you have seen in various episodes, we can add the suffixes "ão" or "aço" to make things bigger, better, or exaggerated. Apparently, in this context, using "tranquilaço" makes me sound a little too much like a surfer dude for Alexia's taste :)

Alexia: Quem que fala assim com você?

Foster: Bom, hoje a gente vai falar sobre o que, Alexia?

Alexia: A gente vai falar um pouco sobre Trindade, que é um lugarzinho perto de Paraty, também.

💡

lugarzinho - a little place The opposite of the suffixes we just saw, we can also add the diminutives "inho" or "inha" to make something smaller or just cuter.

Foster: Um pouquinho de revisão. No episódio oitavo...

Alexia: No oitavo episódio.

💡

oitavo - eighth

Foster: A gente falava sobre Paraty, Paraty mesmo, o centro histórico. Depois a gente falou sobre a Praia do Sono, incrível. E agora vamos falar sobre Trindade.

Alexia: Trindade é um cidadezinha perto de Paraty, centro histórico. Fica dentro de Paraty, mas é perto de Paraty centro histórico, e tem sete praias no lugar. E a gente, quando a gente foi com o Zack, de novo, e pegamos um ônibus também, na rodoviária. Demorou uma hora e pouco para chegar.

💡

rodoviária - the bus station

Foster: É a mesma rodoviária pra pegar...

Alexia: É o mesmo esquema.

💡

é o mesmo esquema - it's the same idea, the same thing, the same process

Foster: Só tem uma em Paraty, na verdade, né.

Alexia: É, e aí, enfim, chegamos lá, o ônibus te deixa na boca de uma das praias e você segue pra onde quiser ir, porque como é uma praia do lado da outra, e as vezes tem trilhas pra você conseguir chegar uma na outra, você sempre vai ter um mapinha na entrada das praias, pra te dizer onde que você pode ir.

💡

a boca da praia - the head of the beach (the entry point)

Foster: Que que é um mapinha?

Alexia: Mapa.

Foster: Um mapa.

Alexia: Um pequeno mapa.

Foster: Ah, mas é tipo um mapa que fala “Você está aqui.” É um mapinha?

Alexia: É.

Foster: Ah, legal. Não sabia

Alexia: Eu chamo assim.

Foster: Tá, mas, quando você fala que tem sete praias, pode explicar como que é? É uma cidade, é um vilarejo como que é?

💡

vilarejo - village or a really small town

Alexia: Eu considero uma cidade.

Foster: Sim, mas é uma cidade bem hippie, né?

Alexia: É, super hippie. As pessoas que moram lá, também. Não são tão pescadores como na Praia do Sono, porque a Praia do Sono é um vilarejo, não é uma cidade. Em Trindade já tem vários bares, vários restaurantes, músicas nos restaurantes.

Foster: Sim, quando eu penso sobre a Praia do Sono e também as pessoas que moram na Praia do Sono, que não tem muitos, eu penso em pessoas humildes, que realmente moram na praia, sem quase nada.

Alexia: É.

Foster: Né. Mas Trindade é uma cidade mais turística, primeiramente é uma cidade, e também tem mais a ver com turismo. Com diversão.

💡

é uma cidade mais turística - it's more of a touristy city

Alexia: Sim. E aí você tem as praias mais turísticas, com mais pessoas, assim, todas as praias são turísticas, mas mais lotadas e umas menos lotadas.

Foster: Sim, mas quando você fala turística, você está falando de um jeito pejorativo, ou não?

💡

pejorativo - pejorative, with a negative connotation

Alexia: Não!

Foster: Tá, porque eu acho que tinha muita pessoa, mas...

Alexia: Tinham muitas pessoas.

Foster: Tinham muitas pessoas, sabia, mas pra mim não era tipo, tão lotada que não dava pra me divertir.

Alexia: É, não, não era assim. Mas por exemplo, a piscina natural que a gente foi, tava bem lotada, lembra?

💡

piscina natural - natural pool (calm swimming area naturally created by rock formation)

Foster: Sim, sim.

Alexia: Então...

Foster: Já fui lá duas vezes e a piscina natural sempre está lotada. Mas pode explicar o que que é uma piscina natural?

Alexia: A piscina natural, bom, eu não lembro de qual praia que chega na piscina natural, vou ser muito sincera, você tinha que fazer uma pequena trilha pra chegar, mas de 20 minutos, super tranquilo. E, é uma entrada do mar que entra por um pequeno espaço entre duas pedras, e forma uma piscina. Então é água do mar que forma uma piscina natural.

Foster: Mas é super legal, porque a água está tão clara, da pra ver peixe, super legal.

Alexia: Super gelada também.

💡

super gelada também - extremely cold as well

Foster: É, muito gelada, a Alexia não queria entrar.

Alexia: E aí pra você sair da piscina natural e ir pra uma outra praia, ou você faz a trilha de volta, ou você pega um barco. Que o barco para ali dentro também, você entra no barquinho e vai pra próxima praia.

Foster: Sim, exatamente.Mas eu acho que vale a pena. Se você está indo pra Trindade, a trilha pra chegar na piscina natural demora, sei lá, 20 minutos, meia hora.

Alexia: Sim.

Foster: Mas é um pouco cansativo, mas você só tá indo lá uma vez, então eu acho que vale a pena.

💡

cansativo - exhausting, tiring vale a pena - it's worth it

Alexia: Vale, vale a pena. E você pode ver nos mapas quais trilhas são mais difíceis e quais são mais fáceis, então você escolhe as praias de acordo com isso.

Foster: Muito bem explicado. Não é a Praia do Sono que é um pouco mais afastado Trindade é um lugar turístico.

💡

muito bem explicado - very well-explained, well-put afastado - far away

Alexia: É, e os preços dos restaurantes vão ser um pouco mais salgados também.

💡

preços salgados - high prices, prices for tourist (this is a great one that I had never heard before)

Foster: Salgados, quer dizer caro né? Sim, Sim. É uma boa expressão, preços salgados. Então basicamente você chega lá e você já sente a vibe, que é um lugar um pouco mais simples, mas você pode ou ir a esquerda ou ir a direita, e você vai achar coisa legal, tipo uma praia diferente, um pessoal diferente, um restaurante diferente.

Alexia: Você até fez um amigo lá, lembra?

💡

Você até fez um amigo lá, lembra? - You made a friend there, remember?

Foster: É, sim, sim. Fizemos amizade com um polaco, era? Que estava afim da minha namorada...

💡

um polaco - a Polish guy afim da minha namorada - after my girlfriend, had an eye on my girlfriend 

Alexia: Não tava não!

Foster: ...e eu fiquei muito feliz com isso.

Alexia: Bom, então, acho que é isso. Trindade, lugar diferente da Praia do Sono mas vale tanto quanto, ir pra lá.

Foster: Sim, e realmente pra mim, eu amo Trindade, eu acho que a Alexia gosta um pouco menos. 

Alexia: Eu prefiro a Praia do Sono!

Foster: Sim, mas depende do que você quer fazer. Por exemplo, se você está procurando alguma coisa mais romântica, se você está indo de casal, Praia do Sono. Mas se você está indo com um grupo de amigos e você quer um lugar pra beber cerveja, conhecer outras pessoas, talvez ficar num hostel, Trindade tem suas vantagens também.

💡

tem suas vantagens também - it has it's advantages as well

Alexia: Eu acho que vale pro que você quiser fazer também. Se você tiver num grupo de amigos e você quiser fazer um camping na Praia do Sono vai ter gente lá também, sempre.

💡

fazer um camping - to go camping

Foster: Sim.

Alexia: Enfim, eu prefiro a Praia do Sono porque me deixar mais confortável, é uma praia tão linda, tão sem muita gente, que eu adoro.

Foster: Sim, mas eu acho, se você está passando, sei lá, cinco dias em Paraty, dá pra fazer os dois.

💡

dá pra fazer os dois - it's possible to do both of them

Alexia: Claro!

Foster: Até a gente ficou aqui quatro dias. A gente fez Praia do Sono, Trindade e dois dias no centro. E só pra finalizar, também tem muita cachoeira, que é igual, que você vai no rodoviária.

💡

só pra finalizar - just to finishing things up, to wrap things up

Alexia: Cachoeira.

Foster: Cachoeira. E ...

Alexia: Rodoviária.

Foster: Tem, qual o nome da cachoeira mais famosa?

Alexia: Tobogã.

Foster: Tobogã, que é... Pode explicar pra gente?

Alexia: Quando você vai num parque de diversão de águas, tem aquele tubo que você desce né, até cair na piscina, isso a gente chama de tobogã. E na cachoeira tem uma pedra, né, bem lisa.

💡

tobogã - a slide lisa - smooth

Foster: Lisa quer dizer smooth, né?

Alexia: É. Que as pessoas sobem e aí descem com a água que é rala, não é tipo cachoeira em si, mas tá descendo água, e você escorrega até embaixo. Eu nunca fiz, não vou fazer, morro de medo daquilo.

💡

escorregar - to slide morro de medo - I'm scared to death

Foster: Eu fiz, foi super legal. E também tem pessoas, tipo meninos que nasceram lá na área que são super boas, que eles fazem a pé, tipo correndo da cachoeira.

Alexia: Eles usam os pés pra escorregar.

Foster: Sim, sim. É uma loucura. E também lá tem, acho que tem um restaurante e também tem uma lagoa pequena que da pra pular do, você pode, como que vai, como é que fala isso?

💡

é uma loucura - it's crazy In my experience, Brazilians use this construction much more than "é louco".

Alexia: O que?

Foster: Tipo, tem uma mini pedra que pode pular na piscina natural.

Alexia: Sim, você pula da pedra.

💡

sim, você pula da pedra - yep, you jump off the rock

Foster: É, só isso. Então vale muito também, se você tem, se você tiver tempo.

💡

se você tiver tempo - if you have time

Alexia: Sim, e também tem os alambiques de cachaça que isso a gente pode falar numa outra vez.

💡

alambiques de cachaça - cachaça distilleries

Foster: Tá, ótimo. Mais alguma coisa Alexia?

Alexia: Não.

Foster: Bom gente, até a próxima.

Alexia: Tchau!

Foster: Tchau, tchau!