🏖️

S01:E30 - Beaches in Rio de Janeiro Part I

Listen on:

Alexia: Oi, gente!

Foster: Oi, gente! Então, hoje a gente vai falar sobre o quê, Alexia?

Alexia: Sobre praia, né? A gente está no Rio de Janeiro, está fazendo um lindo dia de sol lá fora e a gente aqui trabalhando.

💡

está fazendo um lindo dia de sol. It is a beautiful sunny day.

Foster: É. Pois é. Então, todo mundo sabe das famosas praias do Rio de Janeiro.

💡

Pois é. An informal expression of agreement. Can be translated to ‘Yeah. You said it. Indeed. You’ve got that right.’

💡

todo mundo sabe. Everybody knows.

Alexia: Mas, todo mundo acha que só Copacabana que é famosa.

Foster: É uma coisa curiosa, né?

💡

É uma coisa curiosa, né? It’s interesting, isn’t it?

Alexia: Até porque ela tem apelido de Princesinha do Mar.

💡

Apelido. Nickname.

💡

Princesinha do Mar. The little Princess of the Sea. The nickname of Copacabana.

Foster: Tá. Mas, calma aí! Então, todo mundo sabe que as praias do Rio de Janeiro são super famosas, né? Por quê? Explica um pouquinho para a gente a cultura da praia aqui no Rio.

💡

calma aí! Hold on there! Calm down.

Alexia: Ah, eu acho que as praias do Rio... é difícil falar sobre isso porque o pessoal vem aqui para o Rio principalmente para ver a beleza natural da cidade.

💡

a beleza natural da cidade. The natural beauty of the city.

Foster: É. Bom, Alexia, acho que você está falando muito rápido. A gente tem pessoas tentando aprender português aqui.

💡

você está falando muito rápido. You are speaking very fast.

Alexia: É muito difícil falar devagar.

Foster: É, ela fala rápido. Mas, continua.

Alexia: Bom, então vamos lá!

💡

então vamos lá! So, let’s go for it!

Foster: Estamos falando da cultura das praias, por que são famosas aqui, um pouco da natureza, do Rio de Janeiro, né?

Alexia: Então, o Rio tem uma beleza natural só dele. Tem uma montanha com mar, com lagoa, tudo em volta.

Foster: Só dele, que é sensacional! É único no mundo.

Alexia: É único. É realmente único.

Foster: Eu acho que falando da beleza natural, o Rio é um dos lugares mais bonitos do mundo, né?

Alexia: Um dos lugares.

Foster: Um dos lugares. Pode falar para mim?

Alexia: Um dos lugares.

Foster: É isso. Tá, fala.

Alexia: Bom, e o pessoal vem querendo ir direto para Copacabana porque Copacabana é a praia mais famosa do mundo. Pelo final do ano, que tem o Ano Novo com os fogos incríveis.

💡

o Ano Novo. The New Year.

💡

os fogos (artificiais). Fireworks.

Foster: Que é muito lindo, que eu fiz pela primeira vez este ano. É lindo demais! A gente vai falar mais sobre isso um dia.

Alexia: E Copacabana ficou famosa exatamente por causa disso. Há muito tempo...

💡

por causa disso. Because of this.

Foster: Pelo Ano Novo só?

Alexia: Eu tô explicando...

Foster: Tá, explica!

Alexia: Desde sempre, Copacabana é a maior praia da Zona Sul do Rio de Janeiro. O Rio de Janeiro é dividido em quatro partes: Zona Sul, Zona Oeste, Zona Leste e Zona Norte. Exatamente. E a Zona Sul é a zona onde tem uma concentração de praias mais famosas do Rio, que são Ipanema, Copacabana, Leblon e Arpoador, certo?

💡

Desde sempre. From the beginning. Has always.

Foster: A gente está na definição das praias porque tem Leme, que pode ser uma praia também...

Alexia: Mas, já não é tão famosa.

Foster: Mas, é a Praia do Diabo!

Alexia: Onde pode ter cachorro!

Foster: É. Mas, enfim, basicamente Ipanema, Leblon e Copacabana são as praias mais famosas.

Alexia: E Arpoador.

Foster: Arpoador para mim é Copacabana, né?

Alexia: Não! Nem um pouco. É completamente diferente.

Foster: Quer dizer, é Ipanema!

Alexia: Tem que se decidir!

Foster: Tá! Arpoador é muito famoso, tem ondas bonitas, tem muito surfista...

Alexia: Na verdade, é o contrário disso. O Pontal do Leblon que é a parte da direita do Leblon é onde tem muito surfistas. O Arpoador é a parte mais calma. E tem a Pedra do Arpoador que é onde você consegue ver o pôr-do-sol, que o carioca tem mania de bater palma quando o Sol se põe.

Foster: Pode explicar um pouquinho mais isso?

Alexia: Eu sinceramente nunca entendi porque eu nunca quis bater palma para o Sol descendo!

Foster: Mas, você já viu o pôr-do-sol?

💡

o pôr-do-sol. The sunset.

Alexia: Já, milhões de vezes!

💡

milhões de vezes! Millions of times!

Foster: E todo mundo, na verdade, bate palma?

Alexia: Bate! Sempre tem alguém que puxa a palma.

Foster: Puxa a palma quer dizer que sempre tem um cara que está tentando começar...

Alexia: Que está lá e começa a bater palma e todo mundo vai.

💡

Bater palma. To clap. Applaud.

Foster: É, pois é.

Alexia: E os turistas acham incrível ou acham ridículo. Eu acho ridículo, por exemplo.

Foster: É. A primeira vez que eu vi, achei incrível. E ainda acho incrível. Acho super legal bater palma para o Sol. É legal, né? É ridículo, mas é legal.

Alexia: É ridículo, mas é legal. Eu sempre fico de olhos nas pessoas.

💡

Eu sempre fico de olho. I always am looking at (the people). Keeping an eye on.

Foster: Se você é gringo, venha para cá e bata palma para o Sol.

Alexia: É porque é o final de um dia e o começo de outro, se você pensar. Então o carioca gosta dessas coisas de "Yes, agora chegou a noite, vamos beber cerveja!".

💡

vamos beber cerveja! Let’s drink (beer)!

Foster: Mas, na verdade, todo mundo já está bebendo cerveja na beira do Arpoador, né?

Alexia: Já!

Foster: Pode falar 'Arporador'?

Alexia: Arpoador.

Foster: É uma palavra muito difícil. Acho que nunca vou conseguir falar isso direito.

💡

É uma palavra muito difícil. It’s a really hard word.

💡

Acho que nunca vou conseguir falar isso direito. I don’t think I will ever be able to say it right.

Alexia: Vai. Arpoador.

Foster: 'Arporador'.

Alexia: Um dia a gente chega lá!

💡

Um dia a gente chega lá! One day we will get there.

Foster: Tem muito 'R', né? Caraca!

Alexia: E do lado do Arpoador tem a Praia do Diabo, que é onde é a única praia que pode levar cachorro!

Foster: É uma prainha!

Alexia: É uma mini-praia.

Foster: Mas, às vezes, dá para levar um cachorro em Ipanema também.

Alexia: Dá, mas no verão a polícia fica em cima, né?

Foster: É.

Alexia: E aí um dia eu levei o meu cachorro para ir à praia e eu tive que sair correndo com ele de biquíni no meio das pessoas carregando ele no braço, para ele não ser pego. Senão eu iria levar multa.

Foster: É muito fofo cachorro na praia, né?

Alexia: Eu acho.

Foster: Eu já vi cachorro surfando aqui.

Alexia: Tem. Principalmente um labrador que sempre fica no Arporador e Ipanema...

Foster: Que é meio famoso.

Alexia: É. Ele surfa com a dona. Agora ela tem dois, né?

Foster: Tudo que a praia tem... pelo menos as praias da Zona Sul do Rio de Janeiro têm uma cultura bem diferente do que as praias, por exemplo, eu sou da Carolina do Sul nos Estados Unidos e lá quando eu vou para a praia com a minha família, a minha mãe leva tipo uma... como é que fala isso? Um carrinho com sanduíches, toalhas.

Alexia: Leva tipo um cooler! Vocês levam toda a infra-estrutura para a praia, na verdade. Aqui a gente já tem tudo. A gente chega, já tem as barracas, cada barraca tem um número ou tem um nome.

💡

a infra-estrutura. Infrastructure.

💡

Barraca. A tent. Usually refers to a tent on the beach where you can buy food and drink.

Foster: E barraca é o quê?

Alexia: Barraca é simplesmente uma tenda montada no começo da areia, que você escolhe em que barraca... Primeiro, você chegando à praia, você escolhe em qual posto ficar.

Foster: Caraca, nem pensei nisso! Isso é um conceito importante, né?

Alexia: Sim. Porque de acordo com o posto que você fica, tem a sua galera, digamos assim. Se você ficar no Posto 12 do Leblon, normalmente você é um surfista ou algum conhecido surfista. Se você ficar no Posto 10 de Ipanema...

Foster: Patricinho!

Alexia: Patricinha!

Foster: Patricinha! Mauricinho!

💡

Patricinha! Preppy girl. Spoiled, girly girl.

💡

Mauricinho! Preppy. Spoiled guy.

Alexia: Sim.

Foster: O que é isso?

Alexia: É um pessoal mais chiquezinho, que vai mais arrumado à praia.

Foster: Exatamente. E Posto 9?

Alexia: Se você fica no Posto 9, é conhecido...

Foster: Posto 9 tem maconha, né?

Alexia: Tem. No Coqueirão, tem maconha. É o maior coqueiro da praia. Ali é onde a galera fuma. E no Posto 9, em frente à uma certa rua, que é chamada Farme de Amoedo, é o pessoal gay, que é conhecido como um ponto gay mesmo no Rio.

💡

Coqueirão. The big palm tree. Palm tree is ‘coqueiro’, and you can add the ending -ão to add emphasis in size.