🍑

S01:E21 - Brazilian Fruits

Listen on:

Alexia: Olá!

Foster: Oi, pessoal! Sejam bem-vindos de novo! Mais um episódio de Carioca Connection.

💡

Oi, pessoal! Hey, guys! Hey, gang! Pessoal is a colloquial way to refer to a group of people.

💡

de novo! again, once again, once more

Alexia: A gente tem que começar a animar mais a nossa entrada assim, tipo, 'Uhuuuuul!! Bem-vindos!!' A gente sempre está, tipo, 'Olá! E aí, pessoal?'

Foster: A gente ainda está acostumando o nosso estilo.

Alexia: Não, vamos tentar! 1, 2, 3... Eeeeeeee! Uhuuul!

Foster: Vamos lá, galera! Hoje a gente vai falar sobre...

Alexia: Frutas!! Agora eu vou ficar sempre assim, animada!

Foster: Frutas é o tópico, pode falar? O tema.

Alexia: O tema são as frutas brasileiras.

Foster: Que é super interessante para mim como um gringo. Porque as frutas aqui no Brasil não são, tipo, laranja, maçã...

Alexia: Coisas que vocês conseguem encontrar em qualquer lugar do mundo. Aqui a gente tem, vamos lá: figo... você tem também?

Foster: Figo, a gente tem. Mas, tem coisas mais exóticas.

Alexia: Cambucá. Cambucá ninguém tem.

Foster: Tá, a gente pode começar com uma fruta que talvez é a minha predileta?

Alexia: Qual?

Foster: E talvez a fruta mais importante do Brasil.

Alexia: Qual? Fala!

Foster: Açai!

Alexia: Ah, você está colocando Açaí no pedestal tão alto! Ele é apaixonado por Açaí!

Foster: Explica para a gente o que é o Açaí, como é que é a gente come...

Alexia: Açaí é uma fruta roxa, que tem uma cor bem...

Foster: Que vem do Amazonas.

Alexia: É uma cor muito densa. E é uma fruta doce que contém todas as substâncias necessárias para a energia do corpo, por isso que as pessoas gostam tanto de tomar. Por exemplo, você está na praia o dia inteiro, correu, enfim, gastou toda a energia do mundo, o que você vai comer? "Ah, não tô afim de comer uma comida". Vai e toma um Açaí de 500 ml e você está super satisfeito!

Foster: É, eu acho que em inglês está ficando na moda a palavra superfood. Porque o Açaí é uma dela.

Alexia: E Açaí você pode tomar batido. Na verdade, você só toma ele batido, como se fosse um suco só que com uma colher porque é uma coisa mais cremosa.

Foster: É quase um tipo de shake, né?

💡

shake. Brazilians use the word shake (pronounced shay-kee), to refer to a variety of milkshakes, smoothies, etc.

Alexia: É, quase um tipo de shake. E aí você pode bater com morango, com banana...

Foster: Granola.

Alexia: Castanha, granola, nozes, o que você quiser colocar lá dentro.

Foster: Eu gosto muito de tomar Açaí com granola para o café-da-manhã. Tem muita gordura, né, mas é bom para você também.

Alexia: Todo lugar que a gente passa aqui no Rio e ele olha que tem Açaí, ele vira para mim e fala: "Acho que vou ter que falar que lá é o melhor Açaí do Rio de Janeiro!". Sempre, sempre.

Foster: Porque todo mundo fala que é o melhor do Rio. Mas, dá muita energia. Se você vir para o Brasil, você tem que comer Açaí. É uma das primeiras coisas que você tem que tomar. É Açaí. Tá, o que mais vocês têm que a gente não têm?

Alexia: Fruta do conde!

💡

Fruta do conde! cherimoya (I was unaware that we had a name for this fruit in Brazil, but apparently we do!)

Foster: Fruta do conde... eu já tomei como suco.

Alexia: Só como suco?

Foster: Aham. Mas, como que é?

Alexia: A fruta é verde, grande - não graaande, grandinha - e você abre a fruta no meio e vem como se fossem as sementes envolvidas na fruta em si.

Foster: Eu sei qual é. É esquisita, né?

💡

esquisita. Weird. Strange. Not to be confused with the false English cognate, exquisite!

Alexia: Como se diz o nome?

Foster: Vamos colocar muitas fotos também.

Alexia: É, e aí você acaba pegando uma colher, você bota e com a colher raspa a fruta, come e aí você, enfim, come a parte branca e a semente você cospe. Você não pode comer a semente.

Foster: Você não pode comer a semente.

Alexia: Não.

Foster: Se não vai crescer uma fruta do conde na sua barriga!

Alexia: Não, porque você não consegue comer porque é muito dura a semente. Não faz bem.

Foster: Mas, é uma fruta bem suculenta, né?

💡

suculenta. succulent; very sweet.

Alexia: É muito gostosa, é muito docinha e faz muito bem também. Outra fruta que você gosta?

Foster: Uma fruta que eu adoro tomar como suco é graviola.

Alexia: Graviola eu gosto também.

💡

Graviola. Sometimes referred to as soursop. As far as I know, this fruit doesn’t exist in the states. Read more about it here.

Foster: Graviola é o quê? É um tipo de que cor?

Alexia: Graviola é meio amarronzada, avermelhada...

Foster: É quase verde também, né?

Alexia: Também tem verde. Eu acho que depende do tipo da semente. Depende de onde é plantada porque dependendo de onde foi plantada no Brasil... como o côco, você tem côco marrom e tem côco verde. E aí depende de onde você for plantar, assim como a graviola. Eu posso estar falando uma grande besteira, mas foi assim que eu aprendi.

💡

semente. seed.

Foster: Eu acho que sim. Também a graviola... eu li um artigo faz um tempão, que algumas pesquisas falam que a graviola tem certas qualidades que curam o câncer. Então cada vez que eu estou me sentindo mal, eu tomo um suco de graviola e eu fico bem! Sem câncer!

Alexia: Eu não sabia disso.

Foster: Eu li isso. Pode ser uma besteira, mas eu li isso e então eu acredito. Pelo menos, é uma fruta que ajuda.

💡

uma besteira. Nonsense. Rubbish. Bullshit.

Alexia: Uma fruta que eu amo muito, muito, muito e que eu posso comer várias no dia é jabuticaba.

Foster: Jabuticaba?

Alexia: É. Aquela mini-fruta bem pequenininha tipo preta, que você come, chupa o que tem dentro, como se faz com a fruta do conde. É uma delícia! E quando eu era pequena, a casa da minha tia tinha uma jabuticabeira, que é uma árvore e jabuticaba, e eu pegava as frutas da própria árvore, lavava e comia na hora. Então às vezes eu só comia jabuticaba o dia inteiro, minha mãe me dava a maior branca porque eu não almoçava e não jantava, que eu era apaixonada por jabuticaba.

Foster: Que bom! Também uma fruta que é muito popular aqui e que a gente não tem muito lá nos Estados Unidos é maracujá.

Alexia: Jura?! Maracujá? Vocês não tem?

Foster: Existe. Mas, não é tão popular.

Alexia: Vocês têm plantações dessas frutas lá também ou vocês importam a maioria daqui?

Foster: Não sei exatamente.

Alexia: Porque quando eu fui para os Estados Unidos...

Foster: Maracujá tem. Mas, tipo, sei lá, uma fruta mais exótica nem tem.

Alexia: Não, porque quando eu fui para os Estados Unidos, bom, eu posso não ter achado, mas eu só achei suco em caixinha artificial, não achei os naturais assim, entendeu?

Foster: Agora está ficando mais na moda coisas mais naturais, mais orgânicas, mais...

💡

está ficando mais na moda. it is becoming more in style, fashion. Ficar na moda means to be in style, to be in fashion, to be all the rage.

Alexia: A Health & Fitness Generation. Vocês estão começando a ter.

Foster: É, mas comparado com aqui... quando você está no Brasil, não vale à pena tomar Coca-Cola, nem uma coisa assim. Só suco!

Alexia: Em São Paulo, tem um lugar que eu infelizmente esqueci o nome, que é um lugar só de sucos! Todos os sucos do Brasil inteiro. Esse lugar vai ter lá! E aqui a gente tem o BB Lanches, que eu considero um dos melhores lugares para se tomar suco. Aí você pode misturar, por exemplo, abacaxi com hortelã.

Foster: É muito bom.

Alexia: É muito gostoso!

Foster: E basicamente qualquer lanchonete, que é um lugar que pode tomar sucos, Açaí, salgados, sanduíches... vai ter ao redor de 50 sucos.

💡

lanchonete. Brazilian snack bar where you can order pretty much any juice on the planet, and a variety of other snacks, pizzas, sanduíches, etc.

Alexia: Convenhamos, é muito melhor você tomar um suco do que um refrigerante.

Foster: E você tem tanta variedade aqui!

Alexia: Não tem desculpa para não tomar suco!

💡

Não tem desculpa. There is no excuse. You have no excuses.

Foster: Não tem.

Alexia: Hoje o assunto foi fácil, né? Foi gostoso!

💡

Foi gostoso! It was lovely! (In this context, Alexia was referring to the podcast.) Gostoso can also be used for food to mean very tasty or delicious, or to describe a very pleasant experience.

Foster: Muito gostoso.

Alexia: Me deu até vontade de comer agora.

💡

Me deu até vontade de comer agora. It even made me want to eat something right now. Dar vontade can be translated as to get you in the mood for something, or make you want or desire something.

Foster: Vamos descer e tomar um suco de...

Alexia: Eu tomaria um suco de melancia!

Foster: Como é que fala o... cupuaçu! Então, fala para a gente qual é seu suco predileto.

Alexia: É muito fácil o meu suco predileto. Porque eu tive que tomar desde pequena e porque tinha vitamina C, etc., é o de laranja. Mas porque é muito fácil.

💡

predileto. favorite (a bit fancier or more eloquent than simply saying favorito).

Foster: Mas, isso não é muito criativo.

Alexia: Mas, gente, é meu suco preferido! Você me perguntou o suco preferido. Eu gosto desse. Mas, um que eu gosto muito é o de lima.

Foster: Lima?

Alexia: Uhum.

Foster: Lima para vocês quer dizer o quê?

Alexia: É aquela laranja, só que diferente. É um tipo de laranja. Lima da pérsia.

Foster: Porque vocês tem a palavra limão, que parece muito com lemon em inglês, mas não é um lemon. É um lime.

Alexia: Para vocês?

Foster: É, mas eu sempre fico muito confuso.

💡

eu sempre fico muito confuso. I always get very confused.

Alexia: É muito complicado. Limonada suíça eu gosto muito também.

Foster: É, que seria uma limonade, quase, né?

Alexia: Eu sou muito tradicional nos sucos. Eu não gosto de misturar muito não. Eu misturo... aquele que eu falei, que é... ai, gente, abacaxi com hortelã e tal. Mas, sabe que eu sou meio chatinha com isso.

Foster: Mas, o melhor jeito de aprender todos os nomes dos sucos aqui é que a cada dia que você está no Brasil, toma um suco novo, um suco diferente, toma três por dia.

Alexia: Um de café-da-manhã, almoço e jantar.

Foster: É. Isso faz muito bem para você e para o...

Alexia: Seu organismo!

💡

Seu organismo! Your whole system! Organismo can used as the English organism, but more often it refers to the entire bodily system in general.

Foster: É, então vamos lá tomar um suco?

Alexia: Vamos! Vamos que eu estou com fome também.

💡

Vamos que eu estou com fome também. Let’s go because I am hungry as well. In Portuguese, you always use the construction estar com fome to signify hunger. The ‘estar com’ is generally used to describe temporary states in Portuguese. 1. Estou com medo de cachorro. I am afraid of dogs. 2. Estou com frio. I am cold. 3. Estou com sono. I am sleepy. 4. Estou com pressa. I am in a hurry. 5. Estou com raiva do Pablo. I am angry at Pablo.

Foster: Tá, tchau tchau!

Alexia: Tchau, gente!