🍞

O som do ÃO

Alexia: Olá, olá pessoal. Mais um episódio aqui do Carioca Connection, o podcast preferido de vocês de toda uma vida. Tudo bem Foster?

💡

preferido - favorite

Foster: Tudo ótimo. Como você está?

Alexia: Eu estou bem, muito obrigada. Então, hoje nós vamos falar sobre um som que as pessoas confundem muito e às vezes tem muita dificuldade em falar.

Foster: Eu acho que eu já falei isso várias vezes aqui no curso de Fundamentos, mas realmente, é um dos sons mais difíceis.

Alexia: Sim, é um dos sons mais difíceis. É um dos mais confusos também, porque se você errar uma palavrinha específica, você pode estar falando uma outra coisa completamente diferente, então vamos lá.

Foster: Então…

Alexia: Então vamos lá. A gente vai falar sobre o som ÃO.

Foster: O que?

Alexia: ÃO.

Foster: O que?

Alexia: ÃO.

Foster: ÃO.

Alexia: Isso.

Foster: Tá correto isso?

Alexia: Está correto.

Foster: ÃO.

Alexia: Isso.

Foster: E deixa eu te perguntar, seus alunos, as pessoas que estão aprendendo português, eles tem muita dificuldade com isso ou não?

💡

alunos - students

Alexia: Sim e não. Então, por exemplo, existe uma palavra que é a primeira da repetição que eu botei de propósito, que é ‘pão’. ‘Pão’ é ‘bread,’ certo? Então, “Vamos comprar um pão.” Se você falar errado, você ou vai para ‘pai’ ou você vai para ‘pau.’

Foster: Pau. Pica-pau.

Alexia: Isso. Então ‘pau’ pode ser um pau de madeira, um stick, né?

Foster: Pau do Brasil.

💡

O pau-brasil é muito conhecido, porque sua exploração foi a primeira atividade econômica exercida pelos portugueses na América Portuguesa durante o século XV.

Alexia: Pau do Brasil, que é a nossa árvore. Ou pode se referir a uma coisa de uma maneira muito feia ao…

💡

árvore - tree

Foster: Parte íntima do...

Alexia: Sexo masculino.

Foster: Masculino.

Alexia: Exatamente. Que pode ser o pênis, né? É isso.

Foster: É. Então se você está pedindo um pau...

Alexia: Você não vai ganhar um bread, você não vai ganhar algo dessa forma.

Foster: É, eu só lembrei agora que o meu amigo no Brasil, o nosso amigo, o Pablo, ele tinha um cachorro que o nome do cachorro é Bread. Eu pensava que era Brad, o nome em inglês, mas era Bread.

💡

Note que apesar do nome do cachorro ser ‘bread,’ a palavra é pronunciada com uma vogal de apoio no final e com o sotaque brasileiro. ‘Drink’ é outra palavra pronunciada da mesma forma.

Alexia: Tipo Brad Pitt.

Foster: Porque ele adorava pão, então ele dava o nome de Bread, que é bread.

Alexia: Ele deu o nome de Bread.

Foster: Deu, sabia.

Alexia: Sim. Então certas coisas a gente tem que prestar atenção. Por exemplo, o Foster…

Foster: Prestar atenção.

Alexia: Tem uma… ele... como é que se diz? Ele passou por uma situação dessas, porque não sabia falar uma palavra que era ‘buquê de flores,’ ele falou uma outra coisa. E claro que é uma situação constrangedora, né?

💡

constrangedora - embarrassing

Foster: Uhun. Mas é bom fazer erros humilhantes, porque nunca vai esquecer.

💡

humilhantes - humiliating esquecer - to forget

💡

Em português nós não dizemos ‘fazer erros,’ mas sim ‘cometer erros’ ou ‘errar.’

Alexia: Sim, mas nós estamos aqui para evitar esses erros humilhantes ao vivo e no meio de várias pessoas.

💡

evitar - to avoid

Foster: Exatamente. Então Alexia, é muito complicado, porque a gente vai usar esse som tanto. Só pra explicar o som, é ‘então,’ presta ‘atenção.’

Alexia: Não.

Foster: Não?

Alexia: Exatamente.

Alexia: Então é isso, na verdade, você tem que… como é que eu explico como é que faz esse som? Porque é um som diferente.

Foster: Primeiramente, é uma vogal nasal.

💡

vogal - vowel

Alexia: É uma vogal nasal.

Foster: Que quer dizer que a passagem do ar está saindo da sua boca e da sua nariz.

💡

ar - air boca - mouth nariz - nose

Alexia: Do seu nariz.

Foster: Sabia... Do seu nariz ao mesmo tempo. E a gente não faz isso muito em inglês. Mas por exemplo, a palavra… É, palavras que terminam com ‘ing’ pode ter essa sensação de ar saindo do nariz. Mas pode começar falando ‘now’, tipo ‘agora’ em inglês, e pode colocar a mão no nariz, ‘now, now, now.’

💡

ao mesmo tempo - at the same time

Alexia: Fechar a narina, né? Então você… como se você tivesse sentindo um cheiro muito mal, você pega, fecha seu nariz e fala, ‘não, não, não.’

💡

cheiro - smell

Foster: É, mas não é ‘now,’ é ‘não.’

Alexia: Não.

Foster: Não. E no começo, você pode exagerar um pouco. E realmente, é uma coisa estranha, porque você vai sentir ar passando pelo seu nariz, que não é muito normal pra gente.

💡

estranha - weird, strange

Alexia: Não, não é. E claro que eu não percebo quando passa ar ou não passa, porque eu não fico analisando cada palavra que vai sair da minha boca. Mas assim, palavras essenciais com ÃO eu diria, ‘não’ é o primeiro, ‘então,’ ‘conexão’, né? Conexão da internet, conexão do WiFi e isso tá na boca de todo mundo.

💡

eu não percebo - I don't realize

Foster: Não, tem tantas palavras. Eu acho que a gente viu agora que tem mais de 7000 palavras na língua portuguesa que tem esse som de ÃO.

Alexia: Sim.

Foster: Então é inevitável.

Alexia: Feijão.

Foster: Feijão. Arroz feijão.

💡

arroz - rice feijão - bean

Alexia: Exato. Então é isso, na verdade, né?

Foster: Sim. Isso é um bom começo, mas Alexia, eu queria te fazer uma pergunta. No plural…

Alexia: Plural.

Foster: Essa palavra é muito difícil pra mim. Plural.

Foster: Isso, plural.

Foster: Plural… De palavras que terminam com ÃO, por exemplo, ‘razão.’ No plural, seria…

Alexia: Razões.

Foster: Isso. Razões.

Alexia: Isso.

Foster: Que pode ser complicado. E é mais um som com uma vogal nasal, então pode falar um pouco sobre esse som pra mim?

Alexia: Sim. Esse som é composto do ÕES e é o plural, na verdade. Não necessariamente todas as palavras que tem ÃO virarão no plural dessa forma, mas a maioria sim. Então é muito bom você ter na sua cabeça que ‘emoção,’ ‘emoções.’ ‘Razão,’ ‘razões.’ ‘Oração,’ ‘orações.’

💡

cabeça - head oração - prayer

Foster: É. É como quando eu aprendi português, quando realmente estudei português na escola, na faculdade, eu aprendi que é uma regra que não funciona sempre, mas ajuda a se orientar um pouco. Quando uma palavra termina com ÃO, normalmente no plural vai ser ÕES.

Alexia: Sim.

Foster: ‘Emoção,’ ‘emoções.’

Alexia: É então. É bom você ter isso na cabeça, por exemplo, ‘campeão,’ ‘campeões. ‘

Foster: Somos campeões.

Alexia: ‘Avião’, ‘aviões.’

Foster: Eu quero pegar um avião.

Alexia: Na verdade, eu to bem pegando um carro e indo pra Espanha também.

Foster: Eu só quero viajar, Nossa Senhora! A gente está gravando esse episódio em 2021.

💡

carro - car

Alexia: Sim.

Foster: Ainda é época de pandemia.

Alexia: Sim.

Foster: Bom, esse som de ÕES, sem seu carioquês seria ÕES, né?

Alexia: ÕES.

Foster: Exatamente. E também me lembra do som que um porquinho faz.

💡

porquinho - piggy

AlexiaOinc oinc.

FosterOinc oinc. Pra gente é só oinc-oinc, mas é quase o mesmo som, oinc.

AlexiaOinc.

Foster: ÕES.

Alexia: ÕES. Sim, a primeira parte.

Foster: ÕES.

Alexia: ÕES.

Foster: ÕES. E para finalizar, uma dica. Se você está sofrendo com vogais nasais que provavelmente vai sofrer bastante, porque não é normal pra gente que fala inglês. Primeira coisa é paciência, né?

💡

dica - tip paciência - patience

Alexia: Sim.

Foster: E segunda coisa, eu pessoalmente acho bom exagerar no começo. Você vai sentir ridículo falando ‘não, não, não.’  Mas não vai ser tão exagerado.

💡

O Foster deveria ter falado 'Você vai se sentir ridículo...'

💡

O verbo 'sentir (to feel)' pode ser usado como um verbo reflexivo ou não. Verbos reflexivos são aqueles que expressam ações praticadas sobre a própria pessoa, ou seja, quem faz também recebe a ação. Sentir - to feel (sth.), to sense, to suffer Se sentir (reflexivo) - to feel (in a certain way - mood or state of mind) Posso sentir o sol quente na minha pele → I can feel the warm sun on my skin Minha mãe sentiu que eu estavamais quieto do que o normal → My mother sensed I was quieter than usual Não senti muita dor no dentista → I didn't feel much pain at the dentist Eu não estou me sentindo bem → I'm not feeling well

Alexia: Não, na verdade é aquilo, gente, é o que a gente vem falando nos episódios. É tudo uma questão de prática. Então o ÃO, eu duvido que exista o mesmo som em alemão, que existe o mesmo som em dinamarquês e etc. Então é um som muito específico da língua portuguesa. Nem o espanhol tem, né? Então...

💡

duvido - I doubt dinamarquês - Danish

Foster: Não, o espanhol não tem vogais nasais.

Alexia: É, então é uma coisa muito nossa, né? Muito do português. Então assim, você só vai conseguir…

Foster: A quantidade de vezes que você está falando ‘então.’

Alexia: É porque você está prestando atenção. Atenção.

Foster: É inevitável!

💡

inevitável - inevitable

Alexia: É inevitável! Então… Ai meu Deus!

Foster: Se eu fosse você, eu começaria com palavras fáceis.

Alexia: É então…

Foster: Eu acho que a gente vai ter que finalizar esse episódio aqui.

Alexia: As palavras são ‘não, pão, chão, alemão, conexão, injeção.’ Todas essas estão na repetição do ÃO. Realmente não tem como escapar do ÃO.

💡

finalizar - to end

Foster: É, falta de palavras pra treinar não tem.

Alexia: Não.

Foster: Então gente boa sorte.

AlexiaGood luck.

Foster: E até a próxima.

Alexia: Tchau.