👂🏻

O som do M Final

Foster: Olá, olá. Oi pessoal e sejam bem-vindos a mais um episódio, mais uma aula do Carioca Connection, Season 6, sexta temporada, Fundamentos. Como sempre, eu estou aqui com...

Alexia: Alexia.

Foster: Como sempre. Viu?

Alexia: O que?

Foster: Sempre.

Alexia: Que que tem?

Foster: Vai ser o tema de hoje.

💡

tema - theme

Alexia: Não.

Foster: Uhun.

Alexia: Ahãn.

Foster: Bom, sobre o que a gente vai falar hoje?

Alexia: A gente vai falar sobre o M final. Ou seja, o M ao final de uma palavra.

Foster: Uhun. Mas também o M existe no final de sílabas e é o mesmo som.

Alexia: Sim, mas...

Foster: Só pra complicar as coisas antes de começar.

Alexia: Gente, desculpa por isso. Vamos falar sobre o M final das palavras.

Foster: Não sei se vocês já repararam, mas com a fonética, a pronúncia, eu fico um pouco animado maluco ao mesmo tempo.

💡

animado - excited maluco - crazy

Alexia: Sim. E o que eu quero falar sobre o M final, principalmente para quem é falante nativo de inglês aqui, é que é literalmente ao contrário do que vocês aprenderam. Então quando você tem um M ao final das palavras, você não fecha a boca em português.

Foster: Uhun.

Alexia: Você mantém aberta e dando um belo sorriso.

💡

você mantém - you keep

Foster: Uhun.

Alexia: Vamos lá. A primeira palavra, ‘sim.’ Certo?

FosterSim.

Alexia: Então, pra quem não sabe que com o M no final da palavra em português você não fecha a boca, vai ser algo do tipo, ‘simsim’. E na verdade é ‘sim’.

Foster: Sim.

Alexia: Sim. É isso.

Foster: É. Imagina, por exemplo, se você está falando em inglês a palavra ‘going.’ Qualquer palavra que tem ‘ing’ no final, ‘going.’ É basicamente isso, ‘sim.’

💡

qualquer - any

Alexia: Sim, exatamente.

Foster: É, e isso é um red flag, como é que fala isso? Vocês falam bandeira vermelha?

💡

bandeira vermelha - red flag

Alexia: Isso é algo importante.

Foster: Mas é tipo, pra mim, é uma coisa que fala, “Ah, você é gringo.”

Alexia: Ah sim.

Foster: Se você fala, “Sim, tudo bem.”

Alexia: É, exato.

Foster: Sim, tudo bem?

Alexia: É, exato. Por isso que eu insisti em colocar o M final, porque é mais uma coisa que praticamente todos os meus alunos tem dificuldade. E é muito engraçado, porque um aluno que tá comigo há dois anos praticamente, ele até hoje fala o ‘sim’ fechado e eu fico assim, “Ahãn.” E eu só tenho isso pra corrigir nele.

💡

comigo - with me corrigir - to correct

Foster: Quem? Não…

Alexia: Não vou falar nomes.

Foster: É, mas é uma coisa impressionante que também eu vejo pessoas que falam português muito muito bem, o português deles é muito melhor do que o meu, mas eles ainda falam, ‘tudo bem.’

💡

impressionante - impressive

Alexia: Então..

Foster: E é tão fácil corrigir isso.

Alexia: É sorrir. É literalmente sorrir. “Tudo bem.” Tá vendo? Eu não fecho a boca, eu deixo um mini espaço entre os dentes de cima e os dentes debaixo e eu sorrio. “Tudo bem.” “Tudo bem e você?”

💡

sorrir - to smile espaço - space

Foster: É tentar falar com a boca fechada, errar de propósito“tudo bem, bem.” “Bem, bem.” Um não tem nada a ver com o outro.

💡

de propósito - on purpose

Alexia: Não.

FosterBem, bem.

Alexia: Bem, bem. Nem eu consigo fazer.

Foster: Bem.

Alexia: Bem, bem. Ahh, muito ruim.

Foster: É.

Alexia: Então. Tudo bem com você?

Foster: Tudo.

Alexia: Você tem que falar o…

Foster: Tudo bem.

Alexia: Ótimo. E Foster, eu também tenho muita vontade de viajar.

💡

viajar - to travel

Foster: Eu também.

Alexia: É isso. Você não tem a menor dificuldade com o M final.

Foster: É, mas eu já sofri muito com isso também. Mas o que eu queria dizer no começo do episódio, por exemplo, na palavra ‘também.’ ‘Também’ tem dois M depois de uma vogal. Então não é ‘também,’ é ‘também.’

Alexia: Também.

Foster: Então fala pra mim, Alexia, a primeira sílaba.

Alexia: Tam.

Foster: Você não está fechando a boca aí?

Alexia: Ahãn.

Foster: E daí, ‘bem. ‘

Alexia: Bem. Na verdade, ‘também’ eu praticamente não falo o M. Se você pensar, eu faço ‘tam-bem.’

Foster: É, qualquer M depois de uma vogal em português se vira uma vogal nasal.

💡

A palavra 'virar' pode ser traduzida como 'to turn' ou 'to become.' A expressão informal 'se virar' pode ser entendida como 'arrumar um jeito de fazer alguma coisa, apesar de qualquer dificuldade.' Em inglês, 'to find a way.' Nós temos que virar à direita na esquina → We have to turn right at the corner Ele virou presidente → He became president Ela vai ter que se virar para ir para Europa em outubro → She'll have to find a way to go to Europe in October

Alexia: Vira.

Foster: Vira uma vogal nasal. Então ‘também.’

Alexia: Sim.

Foster: Tem mais exemplos?

Alexia: Em algum lugar do mundo tem alguém fazendo aniversário.

Foster: Provavelmente.

Alexia: Em algum… algum...

Foster: ‘Algum’ é com M ou N?

Alexia: M.

Foster: É?

Alexia: Algum. M no final.

FosterÉ sério?

Alexia: Sim. Ele tá olhando pro documento pra confirmar.

💡

olhando - looking

Foster: Não É porque em espanhol é com N.

Alexia: Espanhol é uma língua diferente del portugués.

Foster: É, mas pode ser uma coisa que o spell check sempre me corrige e eu nunca percebi. Então, fala de novo.

💡

percebi - realized

Alexia: Mas quando é no plural ‘alguns’ vira com N.

Foster: Ah, por isso.

Alexia: Tá? Então ‘em algum.’

Foster: Em algum.

Alexia: Lugar.

Foster: Ah, ‘em.’ ‘Em’ algum…

Alexia: Eu tava esperando você perceber isso.

Foster: Percebi.

Alexia: Em algum lugar do mundo alguém está fazendo aniversário.

Foster: Em algum lugar do mundo alguém está fazendo aniversário.

Alexia: Isso.

Foster: É muito boa essa frase.

Alexia: Eu sei.

Foster: Obrigado.

Alexia: De nada. E aí, vamos lá. Devemos fazer uma homenagem aos professores.

💡

homenagem - tribute

Foster: Homenagem.

Alexia: Isso.

Foster: Homenagem.

Alexia: Homenagem.

Foster: Pode falar devagar?

💡

devagar - slowly

Alexia: Ho-me-na-gem.

Foster: Homenagem.

Alexia: Homenagear.

Foster: Homenagear… Ual. Mas ‘homenagem,’ a letra no final é M ou N?

Alexia: M.

Foster: É M. E a palavra ‘homem’?

Alexia: M.

Foster: M.

Alexia: M. Que é isso, tchê. Se alguém do sul me escutar falando, vai ser horrível. Bom, será que o som está bom.

💡

escutar - to listen, to hear horrível - horrible

💡

O vocativo ‘tchê’ pode ser entendido como ‘dude’ e é bem característico na região sul do Brasil. Tchê, não faça isso!  Dude, don’t do that!

Foster: Ah, muito bom.

Alexia: Viu?

Foster: Uhun. Então eu queria te perguntar, Alexia. No começo do episódio, você falou duas coisas. Abre a boca e sorri, né?

Alexia: Sim.

Foster: Mas por exemplo, na palavra ‘bom,’ não é muito é muito sorriso não, né?

Alexia: Não, mas você… Na verdade, assim, ‘tudo bom?’ Você não fecha a boca, né?

Foster: É.

Alexia: Então foi o que eu falei, você normalmente vai estar sorrindo, o que muda vai ser a vogal.

Foster: Uhun.

Alexia: Então com O principalmente é quando você fecha a vogal.

Foster: Uhun.

Alexia: Quando você tem os round lips, é quando você faz o beijinho.

Foster: Uhun.

Alexia: Quando a gente aprende no francês que a gente tem que fazer o biquinho pra falar, é exatamente isso.

Foster: Biquinho, você quer explicar o que que é?

AlexiaRound lips.

Foster: É. Um bico pode ser de um passarinho, né?

💡

bico - beak

Alexia: Pode.

Foster: É. Mas por exemplo, ‘tudo bom?’

Alexia: Tudo bom?

Foster: ‘Bom,’ o mais importante é não fechar a boca.

Alexia: Isso.

Foster: Não é tudo ‘bom, bom.’ Nada assim, é ‘bom.’

💡

nada - nothing

Alexia: É isso.

Foster: Mas no caso, vai ser difícil sorrir.

Alexia: É, então…

Foster: ‘Bem,’ você pode sorrir. ‘Bom,’ é só não fechar a boca.

Alexia: Então é isso. Nas repetições, vocês vão ter diferentes exemplos com as diferentes vogais. Então, de novo, eu repetiria 10 vezes cada frase, 10 vezes cada palavra pra vocês realmente entenderem como é que é feito com cada vogal e com cada coisa.

💡

cada - each

Foster: É. E com a pronúncia, é uma coisa, é uma capacidade na verdade.

Alexia: É.

Foster: É um hábito e vai demorar, vai demorar bastante. Se você pensar bem, vamos dizer, a Alexia já falou, ‘bom,’ ‘bem,’ um bilhão de vezes.

💡

O verbo ‘demorar’ significa ‘to take some time’ ou ‘to take long.’ Isso vai demorar um pouco → This is gonna take some time Você vai demorar para chegar na festa? → Will you take long to get to the party?

Alexia: É, desde que eu nasci, né?

Foster: É, eu falei, sei lá, 10 mil. Então demora.

Alexia: Demora, demora. Então o que eu adoraria que as pessoas entendessem é, não tem uma fórmula correta, né? De como chegar a perfeição de pronúncia dessas palavras. Mas o que ajuda muito é a repetição. Agora, como você vai repetir, se é andando, se é tomando banho, se é escutando a gente no carro ou coisa parecida, aí é com você. O importante é repetir.

💡

perfeição - perfection tomando banho - showering

Foster: Provavelmente vai ser uma mistura de várias coisas, né?

💡

mistura - mix

Alexia: Sim.

Foster: Bom, bom treinamento gente.

💡

treinamento - training

Alexia: Muito bom.

Foster: E... muito bom.

Alexia: Então até a próxima.

Foster: Até.

Alexia: Tchau

Foster: Tchau, tchau.