🫂

Se despedindo

Alexia: Olá pessoal. Oi pessoal. Mais um episódio aqui do Carioca Connection, sexta temporada. Estejam à vontade. É um lindo dia lá fora. Bom dia, boa tarde ou boa noite, dependendo do horário que você esteja nos escutando. E é isso, to muito feliz de estar fazendo mais um episódio aqui com você, Foster Hodge.

Foster: É meu nome. Tudo bem Alexia?

Alexia: Tudo e com você?

Foster: Tá tudo bem. É um dia bonito como você falou. Eu sei que você não está sentindo muito bem hoje, está um pouco gripada, mas a gente está fazendo o que adoramos fazer.

💡

Neste caso, o Foster deveria ter usado um verbo reflexivo e ter falado 'Eu sei que você não está se sentindo muito bem hoje.' O verbo 'sentir' pode ser usado como verbo reflexivo ou não. Verbos reflexivos são aqueles que expressam ações praticadas sobre a própria pessoa, ou seja, quem faz também recebe a ação. Pronomes oblíquos átonos que são usados com verbos reflexivos: eu → me você, ele, ela → se nós → nos eles → se Exemplos: Não senti muita dor no dentista → I didn't feel much pain at the dentist Eu não estou me sentindo bem → I'm not feeling well Posso sentir o sol quente na minha pele → I can feel the warm sun on my skin Minha mãe sentiu que eu estava mais quieto do que o normal → My mother sensed I was quieter than usual Sentir - to feel (sth.), to sense, to suffer Se sentir (reflexivo) - to feel (in a certain way - mood or state of mind)

Alexia: Sim, somos podcasters e nada vai nos impedir, nem o coronga, que é o Covid.

Foster: Coronga?

Alexia: É, coronga, é como os brasileiros chamam o Coronavírus...

Foster: Meu deus.

Alexia: De coronga. Coronga, esse bicho maldito.

💡

maldito - cursed, damned

Foster: Nossa Senhora! Gente, só pra clarificar, a gente está gravando isso no final de dezembro, no ano 2020. É a primeira vez… e ó, eu moro com brasileiros, é a primeira vez que eu ouvi a expressão 'coronga.'

💡

clarificar - to clarify primeira - first

💡

A expressão 'ó' é muito utilizada em algumas regiões do Brasil e vem da palavra 'olha.' Ela significa 'look' ou 'pay attention to.' Ó (olha) o que você fez aqui → Look what you did here Ó (olha) o buraco na rua → Pay attention to the hole in the street

Alexia: Coronga.

Foster: Coronga. Tá bom.

Alexia: É uma forma dos brasileiros fazerem piada de uma das piores coisas que aconteceu em 2020, que é o Coronavírus, coronga. Esse coronga maldito!

💡

piada - joke

Foster: É, entendi, entendi. Só fiquei impressionado que eu nunca ouvi. Bom Alexia, vamos falar sobre o que hoje?

Alexia: Despedidas.

Foster: Despedidas.

Alexia: Despedidas.

Foster: Bom, primeiramente, uma pergunta. 'Despedida' é uma palavra difícil, porque eu acho que não tem uma tradução perfeita em inglês.

AlexiaFarewell?

FosterFarewell'Farewell' é muito formal pra mim, mas quando estamos falando sobre despedidas, estamos falando sobre dizendo tchau.

💡

Nesse caso, o Foster deveria ter falado "Estamos falando sobre dizer tchau." Diferente do inglês, nós só utilizamos verbos terminados em -ando, -endo, -indo quando estamos nos referindo ao gerúndio.

Alexia: Sim. Se despedir de alguém é dizer tchau, é dizer adeus, dizer até logo, dizer tchau.

Foster: Uhun. Então o verbo é 'despedir-se.'

Alexia: Isso.

Foster: Tá bom.

Alexia: E claro que nós usamos a forma mais prática, como os brasileiros adoram, 'se despedir.'

Foster: Se despedir.

Alexia: Nós nos despedimos… É isso mesmo. É difícil, porque existe um verbo que é 'se despir,' que é tirar a roupa.

Foster: Ah, é?

Alexia: Então temos que ficar muito atentos a isso. Então 'se despedir' é dizer tchau, saying goodbye. E 'se despir' é tirar a roupa.

Foster: Nossa, não sabia.

Alexia: Sim.

Foster: Bom, precisamos manter o foco. Então estamos conversando sobre as formas diferentes de falar tchau, até logo. É o final de uma conversa, né?

Alexia: Sim. E é aquilo, pode ser muito estranho conhecer alguém pela primeira vez e se despedir de um grupo de amigos ou de pessoas que você não conhece por causa de uma reunião de trabalho, né? Primeira vez ali com aquela pessoa, tudo é muito estranho. Então você precisa saber como terminar uma conversa, seja pessoalmente, por email ou online, que é o caso da maioria das pessoas hoje em dia.

Foster: E além disso, eu acho muito importante, eu acho fundamental quando você está aprendendo uma língua nova, se despedindo, você pode ter uma conversa ótima, né? E no último minuto, no último momento, na hora de se despedir, você não sabe o que falar exatamente, e isso dá tipo um gosto mal na sua boca, tipo, "Nossa! Eu errei no último minuto." E você perde a confiança.

💡

último - last

💡

Nós não temos um verbo como 'to taste' em português, por isso utilizamos os substantivos 'gosto' ou 'sabor.' Esse sorvete tem gosto de baunilha → This ice-cream tastes like vanilla. Essa comida tem um gosto ruim → This food tastes bad

Alexia: Sim. Por isso que eu tenho uma forma de deixar claro pros outros que eu já estou indo, que eu vou sair. Uma coisa muito importante, eu acho que além da gente saber se despedir, a gente também tem que aprender a sair de fininho.

💡

aprender - to learn

Foster: Sair de fininho?

Alexia: Sair de fininho que é sneak out of the party.

Foster: Bom...

Alexia: Sair de fininho.

Foster: Sair de fininho.

Alexia: Minha mãe era mestra em fazer isso, mestra… Mestra! Ela, "Vamos sair de fininho?" "Vamos." A gente saía e pronto.

Foster: Eu faço isso muito. Até em inglês eu não gosto de me despedir muito não.

Alexia: É, então assim, sair de fininho é uma técnica maravilhosa pra quando você está em um evento social que ninguém vai sentir o horário que você saiu ou não. Porque é um casamento, porque é uma festa, porque é um evento grande que você não precisa ir em cada grupo dizer tchau.

Foster: Uhun.

Alexia: É muito chato isso pra nós, é muito chato pras outras pessoas, e sempre vai ter algum chato falando, "Ah, fica mais! Por que você tá indo embora?" E tal.

💡

Os verbos 'to let' e 'to leave' possuem usos diferentes em português. Nós normalmente utilizamos 'deixar (to leave)' para permissão e manuseio de objetos. Minha mãe não me deixa ir → My mom doesn't let me go Eu deixei meu celular em cima da mesa → I left my phone on the table Quando queremos dizer 'to leave a place,' essas são as formas mais comuns: Eu vou embora → I'll leave Ele já foi (embora) → He already left Ela está indo (embora) → She's leaving

Foster: Pois é.

Alexia: Então sair de fininho é a técnica que eu amo.

Foster: E um fato divertido que não tem nada a ver com o que a gente está falando sobre hoje, um 'fininho' aqui…

💡

Nós também utilizamos 'curiosidade' para dizer 'fun fact.'

Alexia: Um fino. É.

Foster: Aqui em Portugal, onde a gente está aqui agora, um 'fininho' é uma cerveja pequena.

Alexia: Sim, sim. Então… Mas quando eu preciso me despedir, seja eu estar na rua, e aí encontrei os amiguinhos do Buddy, que é o nosso cachorro, e os amiguinhos do Buddy, claro, estão com seus donos, eles ficam lá brincando, e eu aí eu preciso sair, eu preciso dizer tchau. Eu sempre uso a seguinte frase, "Bom, então nós vamos continuar o passeio." "Bom, então to indo pra casa." "Bom, então até amanhã." Eu sempre uso esse 'bom' porque já dá uma sensação de "Ok, a Alexia quer falar alguma coisa e ela tá tentando chamar nossa atenção pra isso."

💡

donos - owners brincando - playing Nós usamos o verbo 'tocar' quando queremos dizer 'tocar um instrumento (to play an instrument).'

Foster: Exatamente. Então pode falar, "Bom, eu preciso ir pra casa." "Bom, eu preciso ir embora." "Eu preciso ir embora agora." Eu adoro essa frase, 'embora agora.'

Alexia: É, ou então, "Bom, nós já estamos indo." É meio que assim, "Bom, então até amanhã." "Bom, então a gente já vai." Uma coisa assim.

Foster: Tá.

Alexia: Nesse sentido.

Foster: Então você usa a palavra 'bom' pra iniciar o processo de se despedir.

Alexia: É, e até com você, eu olho pra você e falo, "Bom, vamos?"

Foster: É.

Alexia: Meio que... "Vamos embora pelo amor de Deus."

Foster: Bom, falando nisso... Uma pergunta, é 'falando nisso' ou 'falando disso.'

Alexia: Nisso.

Foster: Nisso.

Alexia: Mas pode ser 'disso' também.

Foster: Sim, mas nesse caso é 'nisso.' Falando nisso, bom, qual seria a palavra mais comum?

Alexia: Tchau.

Foster: Tchau, né?

Alexia: Sim.

Foster: Então se você quiser se despedir, pode falar 'tchau.'

Alexia: Mas não é um 'tchau' assim. Você olha pra pessoa e fala, "Tchau." Não. Você tem que dizer, "Então até amanhã, tchau." Ou então, "Depois me liga, tchau." Ou, "Me avisa chegando em casa, tchau."

💡

pessoa - person me avisa - let me know

Foster: Normalmente é 'tchau' mais alguma coisa.

Alexia: Alguma coisa mais 'tchau.'

Foster: Tá bom. Alguma coisa mais 'tchau.'

Alexia: É

Foster: É a fórmula que temos.

Alexia: Isso.

Foster: Então pode ser, "Até amanhã."

Alexia: Sim.

Foster: "Até logo."

Alexia: Sim. "Até mais tarde," que é a mesma coisa do "Até logo."

Foster: Sim. Uma coisa que você fala muito é, "Até mais."

Alexia: "Até mais."

Foster: Só?

Alexia: Sim.

Foster: Tem diferença entre 'até mais' e 'até mais tarde'?

Alexia: 'Até mais' é até quando a gente se ver, assim, sem uma coisa específica. 'Até mais tarde' é porque normalmente, por exemplo, você tá no trabalho, você vai sair com seus amigos do trabalho depois então, "Até mais tarde." "Te vejo mais tarde." Sabe? "Até mais tarde no restaurante." "Até mais tarde no bar." É isso que você quer falar.

💡

normalmente - usually

Foster: Exatamente. Bom, enfim, existem muitas formas de palavras com a estrutura 'até, alguma coisa e tchau.'

Alexia: Sim, sim.

Foster: Bom, o que mais temos?

Alexia: Por exemplo, "Adeus." 'Adeus' nós nunca usamos em português brasileiro. Português de Portugal sim, já é mais usado. Mas o 'adeus' pra nós é algo, assim, extremamente forte de ser falado. Você dar adeus à alguém é você se despedir e nunca mais ver. É literalmente isso, é você, sei lá... 'Dar adeus' é quando alguma pessoa morre e você tem que se despedir.

💡

morre - dies

Foster: Uhun.

Alexia: Então é nessa questão que nós usamos o 'adeus.'

Foster: É, então no português do Brasil quase nunca vai usar 'adeus,' mas aqui onde a gente tá agora, em Portugal, é bem comum.

Alexia: Sim.

Foster: Mas é bonito, porque 'a-deus.'

Alexia: 'A-deus.' Sim.

Foster: É a mesma coisa em espanhol. Só estou pensando nisso agora, 'adiós.'

💡

pensando - thinking

AlexiaAdiós. Sim. E também você tem a mesma coisa do que se apresentando, né? Você dizendo oi, que é "Foi ótimo te ver. Até a próxima." "Até mais tarde."

Foster: É.

Alexia: Então você tem as duas formas de usar tanto pra se apresentar, tanto pra dizer oi quanto pra dizer tchau.

Foster: É, eu sempre falo isso, "Foi ótimo te ver." Ou eu uso, "Foi ótimo te conhecer."

Alexia: Sim.

Foster: Se for a primeira vez.

Alexia: Sim. Então, por exemplo, quando você tem alguma coisa específica. Nós somos professores, correto? Nós temos aula no Zoom para os nossos alunos particulares.

Foster: Uhun.

Alexia: E eu sempre termino a minha aula falando, "Então nós temos aula marcada para a próxima quinta-feira às 3 da tarde. Mantemos ou não?" Então ele já sabe que eu já to terminando a aula.

Foster: Uhun.

Alexia: "Sim, mantemos." E aí eu sempre me despeço. "Então tá, até a semana que vem." Ou então, "Até a próxima terça." "Até a próxima."

Foster: Ah, não pensei nisso. Você falou, "então me despeço."

Alexia: Uhun.

Foster: Ah é, faz sentido, porque o verbo 'pedir'...

Alexia: Despedir.

Foster: É, mas 'pedir, eu peço.' 'Despedir, eu me despeço.'

Alexia: Tá, eu não sei se você está correto, mas faz sentido.

Foster: Não, só queria falar que é um verbo irregular.

Alexia: Sim, é um verbo irregular.

Foster: Na primeira pessoa pessoal.

💡

O Foster quis dizer 'primeira pessoal do singular.'

Alexia: Então as pessoas sempre podem falar também, "Ah, te vejo em breve." "Te vejo na semana que vem."

Foster: Uhun.

Alexia: "Quando nós nos vemos de novo?" "Quando é que a gente se vê de novo?" "Ah, vamos marcar pra sábado que vem." "Ah, tá bom, tchau."  "Tchau." Pronto. Sempre manter da forma mais simples possível.

💡

Além da forma tradicional de dizer 'próximo sábado/mês/ano,' é muito comum ouvir 'sábado/mês/ano que vem.' Também dizemos 'sábado/mês/ano passado.' Next year → Próximo ano/Ano que vem Next Saturday → Próximo sábado/Sábado que vem Last month → Mês passado Last week → Semana passada

Foster: É. A última coisa que eu queria colocar, que é uma coisa que o brasileiro adora fazer, é marcar uma data ou marcar algo no futuro. Tipo, "Ah, tchau cara, foi muito bom te ver. A gente vai tomar um chopp em casa. Passa lá em casa!" Mas não vai acontecer.

Alexia: Não vai acontecer. Pode até acontecer, mas assim, você tem que mandar mensagem e confirmar. E na verdade não vai acontecer, então assim...

Foster: É. Somente é um jeito de dizer tchau.

💡

jeito - way

Alexia: É, exatamente, nós somos horríveis com despedidas. Nós não gostamos de nos despedir, por isso que as nossas festas duram até às 5 da manhã. Os nossos bares sempre vão também noite a fora. Então assim, nós não gostamos de dizer tchau, a gente sempre tem que continuar. É isso.

💡

'Noite a fora' é uma expressão que pode ser traduzida como 'all night long.'

Foster: Bom. É mais uma razão para adorar os brasileiros.

Alexia: Sim, exatamente.

Foster: Bom, dá tchau, Buddy. O nosso cachorro está dando tchau para vocês. E vamos ver vocês no próximo episódio.

Alexia: Até a próxima, tchau.

Foster: Até mais.